CES 2018: Nokia lança acessório para monitoramento de sono integrado ao serviço IFTTT


Caneta Para notificar nossos editores de um erro no post, selecione o texto e pressione Ctrl + Enter.
Por
11/01/2018 às 12:05

Após a aquisição da Withings, a Nokia entrou num segmento bastante badalado nos últimos meses: o de monitoramento da saúde. Agora, na Consumer Electronics Show (CES) 2018, ela apresentou um novo produto desta família, o Nokia Sleep.

Como o nome indica, estamos falando de um equipamento de monitoramento de sono. Trata-se de um acessório o qual você coloca debaixo do colchão, similar a alguns outros que já vimos por aí — inclusive da Beddit, empresa adquirida recentemente pela Apple.

Nokia Sleep

O Nokia Sleep oferece análise de ciclos de sono (profundo, leve e REM1), rastreamento de frequência cardíaca e detecção de ronco. Juntando tudo isso, o acessório então gera uma pontuação total do seu sono, avaliando se ele foi bom ou não e dando dicas para você ter uma noite mais agradável. Tudo é gerenciado — e sincronizado de forma automática, via Wi-Fi — pelo app Health Mate.

Nokia Sleep

Algo que eu particularmente achei bem legal no Nokia Sleep é a integração dele com o serviço IFTTT. Assim, você pode criar cenários bem interessantes como escurecer as luzes do quarto assim que você deita, ligar o termostato (algo que combina muito mais com a realidade americana, obviamente) ou desligar o ar-condicionado quando você se levanta, entre outras coisas.

A única parte chata, a meu ver, é esse fio que precisa estar conectado à energia. Não seria mais interessante um produto com uma bateria capaz de durar meses? Acho que para um acessório assim, seria algo perfeitamente possível.

Ainda sem data de lançamento, o Nokia Sleep custará US$100. Interessados poderão assinar uma newsletter no site oficial do produto para receber informações da empresa.

via MacRumors

Notas de rodapé

  1. Rapid eye movement, ou movimento rápido dos olhos, a fase do sono na qual ocorrem os sonhos mais vívidos. Durante esta fase, os olhos movem-se rapidamente e a atividade cerebral é similar àquela que se passa nas horas em que se está acordado.
Posts relacionados
Comentários
  • Luiz Claudio Eudes Corrêa

    Prefiro ligar na tomada do que dormir sobre uma bateria de lítio

  • Paulo Henrique Guedes

    A MiBand 2 pra minha surpresa tem uma precisão muito boa, pois monitora os batimentos enquanto durmo (mas não registra, serve só para identificar as fases do sono), e consegue identificar sono leve, profundo, além dos momentos que acordo, vou no banheiro e volto a dormir. No app, ele não mostra tudo, mas quando manda para o aplicativo saúde do iOS, vai a hora exata em que deitei na cama, e hora que realmente dormi (no aplicativo da Mi só aparece a hora que eu dormi e acordei). O sistema de pontuação também existe no MiBand, e ele faz uma comparação sua com a média dos usuários da Mi. Não tenho do que reclamar.

  • Victor Moreno

    Qual a vantagem de monitorar o sono? Já tentei mas não consigo entender essa necessidade…

  • Guilherme Goncalves

    Perfeita colocação! alem de que, quem nao tem uma tomada na cabeceira da cama? E certamentea bateria pra durar meses iria adicionar um custo desnecessario ao produto!

  • Guilherme Goncalves

    Começar a enteder quais fatores podem melhorar sua qualidade de sono. Eu por exemplo descubri que quando a pressao do ar é muito baixa, qualidade do meu sono diminui (provavelmente ar condicionado muito frio)…..e que em noites de lua cheia tbm tenho problemas de sono (provavelmente o isolamento da janela do meu quarto quanto a luminosidade nao ta adequado)…

  • Jaime Camargos

    O sono faz parte do tripé da boa saúde juntamente com a alimentação e os exercícios físicos. Se um destes deixar de funcionar corretamente a casa cai. Uma boa noite de sono faz uma grande diferença em tudo que realizamos durante o dia acordados. Não é necessário monitorar o sono todos os dias mas vez por outra é fundamental. Tem muito sobre o assunto no google.

  • meduza

    Também tenho uma e gosto muito…

  • hecnpo

    O difícil é saber o que fazer com os dados. No seu caso, os fatores que prejudicam a qualidade do seu sono são climáticos/atmosféricos, logo não estão sob seu controle. Então, legal… no final os dados não tem muita utilidade prática.

  • hecnpo

    Não compreendo também. Você tem os dados, legal, mas daí até eles terem alguma utilidade prática tem um gap do tamanho de um canyon.

  • Guilherme Goncalves

    Sao climaticos/atmosfericos sim, mas posso perfeitamente controlá-los.

    É necessário um pouco de boa percepção pra entender que, talvez o que está atrapalhando, não seja de fato a lua cheia, mas sim a quantidade de luz que ela traz pra dentro do meu quarto. Talvez minha cortina não seja escura o suficiente.

    A pressão atmosféria dentro do meu quarto é perfeitamente controlável. A pressão e temperatura de um gás (no caso, o ar dentro do meu quarto) são fatores proporcionais. Logo, se a pressão baixa é ruim, talvez regular o ar condicionado para uma temperatura um pouco maior resolva o problema.

    Obviamente são apenas suposições baseado em estatísticas. Mas, no fundo, tudo que conhecemos da ciência, da física e da matemática hoje, surgiram exatamente dessa maneira. Suposições em fenômenos estatísticos.

    =D

  • Guilherme Goncalves

    Discordo. Muito.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: