Tim Cook e mais de 100 outros CEOs pedem que Congresso dos EUA salve o programa de proteção aos imigrantes


A cada dia, aproxima-se a data limite (5 de março) que o Congresso dos Estados Unidos tem para passar uma legislação que garanta a permanência — ou ao menos uma continuação provisória — do programa DACA (Deferred Action for Childhood Arrivals, ou Ação Diferida para Chegada de Crianças), a iniciativa idealizada na gestão Obama que protege jovens imigrantes, que chegaram ao país ainda crianças, da ameaça de deportação. Caso contrário, o programa será efetivamente encerrado, como prometeu o presidente Donald Trump — e mais de 800.000 jovens imigrantes perderão seus benefícios.

Nós explicamos melhor toda a situação nesse artigo, mas o fato é que hoje mais de 100 CEOs de grandes empresas americanas assinaram uma carta aberta destinada ao Congresso dos EUA apoiando os jovens imigrantes e pedindo que a casa passe uma legislação permanente que garanta os seus direitos. Entre os signatários, como não poderia deixar de ser, está Tim Cook, da Apple.

Como informou o The Hill, a carta classifica como “crise” o prospecto de retirar os direitos de cidadania dos chamados sonhadores (dreamers, apelido dado aos jovens imigrantes). Eis um trecho da mensagem:

Nós escrevemos para pedir ao Congresso que aja imediatamente e passe uma legislação permanente e bipartidária que permita aos sonhadores que atualmente estão vivendo, trabalhando e contribuindo com as nossas comunidades que continuem fazendo isso. O encerramento iminente do programa DACA está criando uma crise muito próxima para as forças de trabalho no país inteiro.

Além de Cook, outros executivos que assinaram a carta incluem Mark Zuckerberg (Facebook), Jeff Bezos (Amazon), Brad Smith (Microsoft), Dara Khosrowshahi (Uber), Meg Whitman (HP), Ginni Rometty (IBM) e vários outros. Eles insistem que o Congresso crie uma solução para o problema até a sexta-feira próxima, dia 19, que é a data limite para que o projeto seja encaminhado se não quiserem ver o encerramento do programa na data prevista.

Aparentemente, a maré está favorável para os imigrantes: segundo informações do mesmo The Hill, um grupo de juristas está próximo de fechar uma “solução” para o problema, com termos aceitos por ambos os partidos e que permita a continuação do DACA. A resposta final para esse imbróglio, entretanto, só será conhecida nos próximos meses.

via 9to5Mac

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: