Apple está perdendo terreno para a Amazon no mercado de construção de casas inteligentes


Não bastasse a situação supostamente preocupante do HomePod, a Apple está, aparentemente, enfrentando certos problemas em outro segmento relacionado do mercado: o de casas inteligentes.

Segundo reportagem do The Information1, a Maçã — representada pelos produtos baseados no protocolo HomeKit — era, até dois anos atrás, a opção favorita das empresas especializadas na construção de casas inteligentes (sim, aparentemente esse é um mercado em crescimento nos Estados Unidos), mas tem sido deixada de lado em prol — adivinhem — da Amazon, com suas soluções mais “universais” e acessíveis, no geral.

Um dos exemplos trazidos pela matéria é a da Lennar, uma das maiores construtoras de casas inteligentes do país. Até 2016, a Apple mantinha uma parceria de sucesso com a imobiliária, que equipava suas casas com produtos equipados com o protocolo HomeKit; nos últimos dois anos, entretanto, a empresa resolveu priorizar a Amazon e empregar produtos conectados à onipresente Alexa. Outras construtoras, como a Meritage Homes e a Shea Homes, seguiram caminhos parecidos, considerando uma parceria com a Apple mas optando, no fim das contas, pela gigante de Jeff Bezos.

Um dos principais motivos para a preferência é o serviço de assistência oferecido pela Amazon, com os chamados Amazon Experts — trata-se de uma equipe de profissionais da empresa que presta consultoria aos construtores e, posteriormente, aos donos das casas, mostrando opções de produtos equipados com a Alexa, acompanhando os estágios finais das obras, sugerindo soluções e garantindo que tudo esteja funcionando às mil maravilhas. A Apple não dispõe de um serviço semelhante.

Além disso, construtores não veem mais com bons olhos o ecossistema fechadíssimo e impenetrável da Apple, preferindo adotar soluções mais flexíveis como a da Amazon. Como afirmou o vice-presidente da Meritage Homes, CR Herro:

A Apple é uma fonte fechada no que se trata do que conversa com o sistema deles, então nós nos afastamos disso. Eu não quero me restringir ao que eu acho que o futuro pode ser, porque eu não tenho ideia do que o futuro será.

É bom notar que algumas empresas do ramo ainda não abraçaram completamente a Amazon por questões de privacidade: a Kasita, por exemplo, argumentou que oferecer todos os aspectos de uma residência a uma empresa que lucra com basicamente tudo o que você compra online não é o melhor dos negócios. Ainda assim, essas empresas não estão preferindo a Apple — a Kasita, mantendo o mesmo exemplo, pretende criar um ecossistema próprio de controle doméstico em vez de depender de outras empresas.

Certamente, é um desafio para a Apple. Será que é o caso de abrir mais esse sistema para uma maior adesão de fabricantes ou o modelo fechado atual é o mais seguro e atraente para os consumidores? Isso, só o tempo dirá.

via iPhone Hacks

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: