De volta ao tribunal para rediscutir valores, Apple quer US$1 bilhão; Samsung espera pagar US$28 milhões


Acredite se quiser: Apple e Samsung estão de volta ao tribunal para tentar, de uma vez por todas, colocar um ponto final numa história que começou em 2012 e se arrasta até hoje.

De forma bem resumida, em 2012 a Samsung foi condenada a pagar cerca de US$1 bilhão à Apple por infringir patentes de design da empresa. Esse valor, com o tempo, foi caindo e estipulado em US$548 milhões — valor este que a Samsung inclusive já pagou, mas espera reduzir ainda mais.

Apple vs. Samsung

Que a Samsung infringiu, isso já não é mais uma discussão. A discórdia agora gira em torno de como devem ser calculado os danos: se com base no valor total do dispositivo (argumento da Apple) ou se estamos falando de uma taxa apenas baseada nos elementos copiados pela sul-coreana (argumento da Samsung). E ontem começou a nova — e se Deus quiser, derradeira — rodada de discussões justamente para que isso seja decidido.

Após escolher os 8 integrantes do júri – foi preciso passar por 74 candidatos para chegar à seleção final, alguns executivos escalados pela Apple foram testemunhar, como Richard Howarth (diretor sênior de design, que argumentou que a Samsung “roubou descaradamente” o design do iPhone e que “eles estavam tentando arrancar parte da natureza icônica” e dizer que também eram legais), Greg Joswiak (vice-presente de marketing de produtos, que disse, entre outras cosias, que o design do iPhone é fundamental para os produtos da Apple e que a empresa assumiu um risco enorme com o desenvolvimento do telefone) e Tony Blevins (vice-presidente de compras), que disse:

Um pequeno grupo de nós trabalhou incansavelmente nesse produto por anos. Nós trabalhamos tarde da noite e nos fins de semana, sacrificamos o tempo em família, perdemos aniversários. Solicitamos as patentes e tentamos fazer as coisas da maneira certa para que pudéssemos aproveitar os frutos do nosso trabalho. Quando os telefones da Samsung foram lançados, “a emoção negativa era a pior possível que você poderia imaginar”.

Outra que participará da disputa é Susan Kare, responsável pela criação de inúmeros ícones para o Macintosh. Ela testemunhará sobre o processo que envolve a criação de ícones e o design das interfaces gráficas, além de comentar uma das patentes envolvidas na batalha.

Voltando à discussão do montante, dos US$548 milhões que a Samsung pagou, US$399 milhões foram relacionados às violações de patentes de design. A Samsung na época argumentou que havia sido condenada a pagar uma quantia “desproporcional” pela violação e apelou para a Suprema Corte a fim de diminuir esse valor. Esta ordenou então que a Corte de Apelações dos Estados Unidos redefinisse a quantia que a Samsung deve à Apple por violação de patente de projeto, e é exatamente o que está sendo feito agora.

A Apple, por sua vez, está pedindo US$1 bilhão de danos e argumentou que, embora seja muito dinheiro, a Samsung infringiu tais patentes milhões de vezes; enquanto isso, a Samsung disse estar disposta a pagar US$28 milhões.

via MacRumors

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: