Repleto de novas funções, Adobe XD está disponível gratuitamente; empresa anuncia fundo de investimento para design


Lançado em outubro passado, o aplicativo XD da suíte Creative Cloud da Adobe recebeu nesta semana uma atualização especial. Entre as novidades do software, a principal é a introdução do plano inicial, que inclui o acesso contínuo à versão desktop do programa para macOS e o Windows 10.

O novo plano permite ainda que o usuário crie quantos documentos e projetos desejar — ou seja, não é uma versão para testes. A nova versão inclui o acesso a todos os designs e protótipos, e também concede a pré-visualização em dispositivos móveis, tanto para iOS quanto para Android.

Adobe XD

Além do plano inicial, o Adobe XD está ganhando novos recursos para aprimorar a eficiência da plataforma, incluindo melhorias nas integrações com o Sketch e o Photoshop CC, proteção de senha para o projeto de design, opção de arrastar/soltar para trocar símbolos e de colar para várias pranchetas. Outras informações sobre a atualização estão disponíveis no blog da Adobe.

Mesmo disponibilizado gratuitamente, o Adobe XD continua sendo vendido individualmente e entre os programas que integram a suíte da Creative Cloud. A diferença entre as duas versões (gratuita e paga) fica por conta do número de compartilhamentos oferecidos para o usuário. Na versão inicial, será permitido compartilhar apenas uma prototipagem e um projeto de design (design specs, que permite compartilhar o trabalho com outros profissionais). Já a versão paga não possui limite de compartilhamento.

Novos usuários já podem escolher entre a versão gratuita do Adobe XD, adquirir o app mediante uma assinatura individual de R$35/mês ou o plano completo, que contém todos os aplicativos da suíte Adobe por RS175 mensais (preço total; estudantes possuem desconto de 60%). Para assinantes da Creative Cloud, a atualização do Adobe XD com as novidades citadas acima deverá sair nos próximos dias.

Fundo Adobe para Design

Concomitante ao anúncio da nova versão do Adobe XD, a companhia divulgou uma aplicação inicial de US$10 milhões para o novo fundo. O propósito do investimento é apoiar a criação de novos produtos e serviços que vão ajudar a moldar o futuro da criatividade e do design.

Fundo Adobe para Design

A empresa não escolherá um grupo específico para ser beneficiado pelo fundo, e infere que pretende ajudar desde artistas emergentes até marcas globais, contribuindo com seus projetos a partir de experiências digitais excepcionais.

Para Vijay Vachami, representante da Creative Cloud, o fundo não servirá apenas como um apoio financeiro, mas dará todo o amparo necessário para seus usuários.

O fundo não proverá apenas recursos financeiros, seja em investimento ou aplicação de capital, mas também suporte técnico com profissionais da Adobe, produtos gratuitos, acesso antecipado às novas tecnologias e oportunidades de parcerias e marketing.

Além disso, a companhia convidou a comunidade de desenvolvedores, empreendedores e usuários a construirem em cima do fundo/plataforma, integrando ainda mais pessoas e projetos ao ecossistema da Adobe.

via 9to5Mac

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: