iPhone X campeão de vendas, Apple Pay na Alemanha, Watch com crescimento de 40%… como foi o 3º trimestre fiscal de 2018


Como esperado, a Apple divulgou ontem os resultados financeiros do seu terceiro trimestre fiscal de 2018. Os números foram excelentes e ficaram dentro do planejado pela empresa: a receita no período foi de US$53,3 bilhões (17% a mais que no mesmo período do ano passado), com lucro líquido de US$11,5 bilhões (+32%) e ganhos por ação diluída de US$2,34 (+40%). As vendas internacionais compreenderam 60% de todo o faturamento trimestral.

As vendas de iPhones cresceram 1%, totalizando 41,3 milhões de unidades e gerando 20%(!) mais receita do que no mesmo período há um ano, atingindo US$29,9 bilhões. As vendas de iPads também cresceram 1%, atingindo 11,6 milhões de unidades, o que gerou US$4,7 bilhões (-5%) para a empresa. Os Macs tiveram uma queda significativa de 13% (3,7 milhões de unidades vendidas), gerando uma receita de US$5,3 bilhões. A categoria Serviços, por sua vez, gerou US$9,5 bilhões (um crescimento incrível de 31%), enquanto a categoria Outros Produtos (na qual se enquadram Apple Watch, Apple TV, AirPods, fones Beats, entre outras coisas) conquistou uma receita expressiva de US$3,7 bilhões (um crescimento de 37%)!

Números do FQ3 2018 da Apple

Como de costume, o CEO1 Tim Cook e o CFO2 Luca Maestri realizaram uma conferência em áudio para anunciar os resultados e comentarem um pouco o desempenho da empresa no último período. Nesse evento, seja durante as falas dos executivos ou na sessão de perguntas e respostas com analistas/jornalistas, sempre pintam informações interessantes. E nós, é claro, acompanhamos tudo de perto para trazer os destaques do último trimestre da Maçã para você. 😉

Abaixo, os principais pontos citados pelos executivos.

Comentários gerais

iPhones

iPads

Macs

Serviços

Eu não poderia estar mais animado com o que está acontecendo lá. Temos grandes talentos na área que pegamos em diferentes lugares — e nos sentimos muito bem com o que eventualmente ofereceremos. Em termos do principal catalisador de mudanças, o corte do cabo provavelmente continuará acelerando e provavelmente em uma taxa mais alta do que muitos esperam.

Esperamos mudanças drásticas na indústria de conteúdo. Estamos felizes de estar trabalhando em algo, apenas não estamos prontos para falar sobre isso hoje.

Outros Produtos

Lojas

Gráficos

Abaixo, alguns números que resumem o trimestre fiscal da Apple:

Gráfico do FQ3 2018

Gráfico do FQ3 2018

Gráfico do FQ3 2018

Gráfico do FQ3 2018

Gráfico do FQ3 2018

Gráfico do FQ3 2018

Gráfico do FQ3 2018

Gráfico do FQ3 2018

Gráfico do FQ3 2018

Projeção para o FQ4 2018

Para o quarto trimestre fiscal de 2018, a Apple prevê uma receita entre US$60 e US$62 bilhões (foram US$52,6 bilhões no ano passado), margem bruta entre 38% e 38,5%, gastos operacionais entre US$7,95 e US$8,05 bilhões, outras receitas/(despesas) de US$300 milhões e uma taxa de impostos de aproximadamente 15%.

via MacRumors, AppleInsider, MacStories

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: