Apple Music lança seção dedicada à música clássica com curadoria da Deutsche Grammophon


Usuários de serviços de streaming musical que tenham alguma afeição pelo mundo da música clássica sabem que essas plataformas não são o melhor lugar para ter uma boa experiência fruindo uma bela ópera de Wagner ou uma ária de Mozart. O caráter de serviços como Spotify ou Apple Music, totalmente focado no pop/hip hop e em faixas, em vez de álbuns ou peças, não oferece o foco necessário para exercermos esse gosto (e isso vale também para outros gêneros, como o rock progressivo ou as trilhas sonoras de filmes).

Felizmente, para contrabalançar essa questão, o Apple Music está adicionando uma seção exclusiva para amantes de música clássica com uma série de diferenciais bacanas.

A chamada DG Channel é curada pela Deutsche Grammophon, uma das maiores gravadoras dedicadas ao gênero no mundo, e traz playlists de vários compositores celebrados, três estações de rádio próprias (dedicadas exclusivamente a Mozart, Beethoven e Bach) e – a parte mais legal — álbuns visuais com as performances completas de algumas óperas.

A primeira performance a ser disponibilizada nesse formato é uma rendição de “Romeu e Julieta”, de Gounod, realizada em 2008 no Festival de Salzburgo (Áustria) e estrelando o tenor Rolando Villazón. É possível assistir à obra completa ou somente às partes que lhe interessarem, selecionando as faixas na lista.

A Deutsche Grammophon vai atualizar a seção frequentemente com novos conteúdos, então podemos esperar novas óperas completas, bem como mais estações de rádio e playlists de compositores, para breve.

Excelente ideia, Apple!

via Engadget

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: