Funcionário público de NY compra US$60 mil em iPhones com dinheiro de contribuintes


Um ex-funcionário da Autoridade Metropolitana de Transportes (Metropolitan Transportation Authority, ou MTA), companhia responsável pelo transporte público de Nova York, foi indiciado ontem (10/8) após ser acusado, em 2016, de ter roubado aproximadamente US$60 mil do estado. Com esse valor, foram comprados mais de 60 iPhones, conforme divulgado pelo Wall Street Journal — mais uma prova que o fim da corrupção endêmica ainda está distante, infelizmente.

Inicialmente, o ex-oficial e diretor de compras da MTA, Angel Barbosa, foi acusado de roubar o valor do fundo de contribuição do estado. Além disso, ele foi indiciado por arquivar documentos falsos de um antigo emprego para obter um salário mais alto no órgão de transportes americano, segundo Cyrus Vance Jr (procurador de Manhattan).

Angel Barbosa enganou os nova-iorquinos roubando-lhes dezenas de milhares de dólares na forma de seu salário falsamente inflado e depois roubou quase US$60 mil dos contribuintes em um esquema de compra e revenda de smartphones.

De acordo com os promotores responsáveis pelo caso, Barbosa pediu a um funcionário da MTA que comprasse 63 iPhones de um fornecedor da companhia. A princípio, a compra — que totalizou US$58.153,57 — supostamente não foi autorizada por “não seguir os procedimentos de aquisição adequados”; no entanto, os iPhones já tinham sido enviados diretamente para o endereço residencial de Barbosa, que contratou um terceiro associado para vender os aparelhos.

O ex-oficial entrou para a MTA em 2013 e alcançou o cargo de diretor de compras, no qual permaneceu até 2017 — um ano após ter iniciado o esquema. Segundo uma porta-voz da companhia de transportes, Barbosa foi demitido assim que as alegações de impropriedade contra o funcionário foram levantadas. Barbosa se declarou inocente das acusações.

via 9to5Mac

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: