Como configurar e resolver problemas do Touch ID e do Face ID


Nos últimos cinco anos, a Apple alterou a maneira como seus dispositivos são desbloqueados introduzindo duas tecnologias de autenticação biométricas que, além de fascinantes, são muito eficientes.

Em 2013, a Maçã introduziu o primado Touch ID com o iPhone 5s — um dos maiores avanços em hardware do iPhone, até então. Em 2017, ela foi além e anunciou, com o iPhone X, o Face ID — tecnologia que marcou a maior evolução no gadget carro-chefe da Apple desde o seu lançamento, há mais de uma década.

Atualmente, esses métodos de autenticação vão além de simplesmente desbloquear os dispositivos; eles possibilitam que o usuário efetue compras na iTunes/App/iBooks Store, autentique transações com o Apple Pay e preencha senhas de sites salvas pelo Safari e outros serviços.

Apesar de extremamente intuitivos e fáceis de configurar, pode ser que algum dono de iPhone, iPad ou MacBook Pro com Touch Bar enfrente problemas na hora de usar o Touch/Face ID. Por isso, aqui está o tutorial definitivo de como configurar e resolver possíveis problemas com eles. Preparados?

Como configurar o Touch ID no iPhone e no iPad

Antes de configurar o Touch ID, o iOS exige que você configure um código personalizado (alfanumérico ou apenas numérico). Apesar de ser possível utilizar o iPhone apenas com o código personalizado, não é permitido configurar o aparelho apenas com o Touch ID. O código alfanumérico é e continuará sendo a principal autenticação — e o mais indicado por tornar o seu aparelho praticamente impenetrável. Nós já demos até algumas dicas de como criar um bom código.

Código criado? Então siga os passos abaixo para configurar o Touch ID:

  1. Acesse Ajustes » Touch ID e Código.
  2. Insira o seu código de acesso (aquele que você acabou de definir) e certifique-se de que o botão de Início e seu dedo estão limpos e secos. Em seguida, toque em “Adicionar Impressão Digital”.
  3. Sem pressionar o botão de Início, toque-o com o dedo que você deseja gravar e mantenha essa mesma posição até sentir uma vibração rápida ou até o iPhone solicitar que você levante o dedo. Não mude o dedo de posição entre os escaneamentos e repita essa ação até a representação da sua impressão digital na tela ser preenchida.

    Ajustes do Touch ID no iPhone 7

  4. Após registrar a parte central do dedo, a próxima tela solicitará que você ajuste a posição do dedo para capturar as bordas da sua impressão digital.
  5. Concentre-se em registrar as laterais do dedo até a representação da sua impressão digital na tela ser preenchida.
  6. Ao fim do processo, toque em “Concluído”. Se quiser, toque no nome da impressão (“Dedo 1”) para renomeá-la (como “Polegar direito”, por exemplo).

    Touch ID e Código no iOS 11

O iOS permite adicionar até cinco impressões digitais diferentes em um mesmo dispositivo; para adicioná-las ou configurar os ajustes do Touch ID, basta acessar Ajustes » Touch ID e Código e repetir os passos acima. É possível ainda desativar as opções de autenticação do Touch ID para a iTunes/App/iBooks Store e apagar impressões digitais; para isso, basta tocar sobre a impressão que deseja apagar e depois em “Apagar Digital”.

No iOS 10 e posteriores, é necessário pressionar o botão de Início usando o Touch ID para desbloquear o dispositivo. Para desbloquear o dispositivo usando o Touch ID sem precisar pressionar o botão de Início, acesse Ajustes » Geral » Acessibilidade » Botão de Início e ative a opção “Mantenha o Dedo para Abrir”.

Como configurar o Touch ID no MacBook Pro

Utilize o Touch ID no MacBook Pro para desbloquear rapidamente o Mac e fazer compras usando o seu ID Apple e o Apple Pay com a sua impressão digital. Disponível no MacBook Pro de 15 polegadas (2016 ou mais recente) e no MacBook Pro de 13 polegadas (com quatro portas Thunderbolt 3, 2016 ou mais recente), o Touch ID está localizado à direita da Touch Bar, na parte superior do teclado (no botão de ligar/desligar o Mac).

Para configurá-lo, siga os passos abaixo:

  1. Na barra de menus (logo da Apple) ou no Dock, clique em “Preferências do Sistema”.
  2. Clique em “Touch ID” e selecione a opção “Adicionar impressão digital”. Em seguida, digite a senha da conta do usuário quando solicitada.

    Touch ID no MacBook Pro

  3. Coloque o dedo em cima do botão do Touch ID sem pressionar e mantenha-o lá até que seja solicitado que você levante-o.
  4. Repita a digitalização com pequenos ajustes na posição do dedo até o MacBook Pro completar a leitura da sua impressão.

Após configurar o Touch ID, será possível usá-lo para desbloquear o Mac. Contudo, é preciso digitar a senha para iniciar a sessão na conta de usuário toda vez que você inicializa, reinicia ou finaliza a sessão com seu ID Apple (aquela história de que a sua senha é mais principal camada de segurança, independentemente de ter ou não o Touch ID configurado).

Se dois ou mais usuários configuraram suas respectivas impressões digitais no Touch ID e iniciarem a sessão no mesmo Mac, eles poderão usar o Touch ID para alternar entre as contas. Basta pressionar o Touch ID para que a conta de usuário seja alterada para a conta associada à impressão digital salva no MacBook Pro.

Como configurar o Face ID no iPhone X

Responsável por executar as mesmas ações que o Touch ID, o novo método de autenticação biométrico da Apple, o Face ID, utiliza a tecnologia da câmera TrueDepth para realizar um mapeamento de dezenas de milhares de pontos do seu rosto para autenticar compras, iniciar sessões em apps e muito mais.

Face ID no iPhone X

Assim como o Touch ID, é necessário definir um código de acesso antes de prosseguir com a configuração do Face ID. Feito isso, siga as seguintes instruções:

  1. Acesse Ajustes » Face ID e Código.
  2. Insira o código de acesso do iPhone e certifique-se de que não há nada obstruindo a câmera frontal do dispositivo.
  3. Toque em “Configure o Face ID”, posicione seu rosto na frente do dispositivo e toque em “Começar”.
  4. Coloque seu rosto dentro do círculo e mova a cabeça para fechá-lo. Se você não conseguir mover a cabeça, veja outras formas de mapeamento em “Opções de Acessibilidade”.

    GIF Mapeamento facial no iPhone X

  5. Quando o primeiro mapeamento for concluído, a tela apresentará a segunda parte do processo, toque em “Continuar”.
  6. Mova delicadamente a cabeça para fechar o círculo pela segunda vez e toque em “OK” quando o mapeamento for concluído.

Da mesma forma que o Touch ID, o Face ID permite autenticar compras, seja na iTunes/App/iBooks Store ou com o Apple Pay. No entanto, o iPhone X conta com uma camada extra de segurança para prevenir que compras acidentais sejam efetuadas — afinal, se fosse só olhar para a tela, muita gente compraria coisas de forma totalmente desnecessária. Portanto, para confirmar uma compra com o Face ID, é preciso pressionar duas vezes o botão lateral do iPhone e, em seguida, olhar para a tela do aparelho para que a autenticação seja feita.

Problemas com o Touch ID e o Face ID?

Como qualquer tecnologia, o Touch ID e o Face ID não são perfeitos. A Apple afirma que, de uma tecnologia para outra, a taxa de falsos-positivos1 saltou de 1 em 50.000 (na segunda geração do Touch ID) para 1 em 1.000.000 (no Face ID). Contudo, caso você seja esse um, veja algumas formas de solucionar possíveis problemas.

No Touch ID

No Face ID

·   •   ·

Deu tudo certo durante a configuração? Esperamos que sim! Confira outras dicas sobre o iOS, o macOS, o watchOS e o tvOS na nossa seção de tutoriais e saiba como utilizar vários recursos do seu gadget da forma correta.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: