Chip A12 Bionic pode ser ainda mais poderoso do que a Apple diz


Se você lembra dos pormenores da última keynote da Apple, certamente recordará o momento em que a empresa se pôs a falar sobre o seu novo chip móvel, o A12 Bionic, que equipa os iPhones XS, XS Max e XR. Entre as várias novidades e melhorias introduzidas no componente, a empresa afirmou que ele é cerca de 15% mais poderoso em relação ao seu antecessor, o A11 Bionic que equipa os iPhones 8, 8 Plus e X. Segundo um especialista, entretanto, a Maçã pode estar sendo modesta nessa estimativa.

O especialista, no caso, é Andrei Frumusanu, do AnandTech — site conhecido por suas análises extremamente técnicas e aprofundadas de novos aparelhos e tecnologias. Em um review completíssimo dos iPhones XS e XS Max, Frumusanu destrinchou todas as novidades do A12 Bionic em páginas e páginas de benchmarks, testes e comparações, chegando a uma série de conclusões deveras animadoras.

A análise completa é um deleite para quem gosta da parte técnica e dos números (e quem manja do inglês, claro), mas aqui vão alguns destaques. O mais impressionante de tudo, eu diria, é notar que o novo chip da Maçã pode ser, na verdade, cerca de 40% mais poderoso que o seu antecessor — bem mais do que a Apple está dizendo. Em alguns casos, essa melhora pode ser ainda melhor, e o processador pode chegar à performance até mesmo de chips para computadores.

O departamento de marketing da Apple está realmente sendo modesto quanto às melhorias aqui ao falar em 15% — muitos dos processos verão melhoras de performance que eu estimo ficarem na casa dos 40%, com ganhos ainda maiores em alguns casos específicos. As CPUs1 da Apple ficaram tão poderosas que nós estamos apenas algumas margens abaixo dos melhores processadores para desktop; será interessante ver como isso há de se desenvolver nos próximos anos e o que isso significará para os Macs.

Na média, com base no benchmark SPECint2006 (que, segundo o analisador, leva em conta um conjunto maior e mais complexo de dados para atribuir pontuações aos processadores), o A12 Bionic teve uma performance 24% superior ao seu antecessor. A eficiência energética melhorou 12%, ainda que o novo chip gaste um pouco mais de energia em tarefas intensas — o A12 atingiu uma taxa média de 3,64W, enquanto o A11 ficou em cerca de 3,36W.

Chip A12 Bionic por dentro

Deem olá às entranhas do A12 Bionic | Imagem: AnandTech

Em todas as medições, a nova CPU da Maçã superou os principais concorrentes do mundo Android, como o Samsung Exynos 9810, o Qualcomm Snapdragon 845 e o Huawei Kirin 970. O A12 Bionic se mostrou melhor que todos eles em performance e eficiência energética, em todos os cenários — segundo o analisador, equiparando os desempenhos com a taxa de energia utilizada, o chip da Maçã é cerca de 3x superior em eficiência.

A performance gráfica do chip também foi elogiada, mas com ressalvas:

Em termos de GPU2, os ganhos de performance prometidos pela Apple estão dentro dos números prometidos e até acima deles se considerarmos a performance mantida. A nova GPU parece ser uma variação do design do ano passado, mas a adição de um quarto núcleo e introduções importantes à área de compressão de memória permitem que o desempenho suba a novos patamares. A parte negativa, aqui, é que eu acho que a Apple deveria rever o mecanismo de throttling — e não no sentido de que ele deveria ser aplicado com menos frequência, mas que a GPU deveria ser desacelerada com mais frequência ou até mesmo limitada na parte final da curva de performance, considerando que ela consome muita energia e aquece demais o aparelho nos minutos iniciais de uma sessão de jogatina.

No geral, a análise se mostrou extremamente impressionada com a performance dos novos chips da Apple — e realmente não há como discordar: se tem uma área em que a Maçã tem excedido as expectativas ano a ano, mesmo num período de criatividade não muito frutífero, é o dos seus processadores próprios. Se isso não lhe faz se animar com o futuro da computação em Cupertino, eu não sei o que mais pode fazer.

via MacRumors

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: