Imagem de destaque

Em breve, você poderá jogar títulos do Xbox no seu iPhone via streaming


Plataformas para jogar games completos/de console pela nuvem e acessá-los em dispositivos diversos, como smartphones ou tablets, já existem. O PlayStation Now já tem sua base fiel de usuários e o GeForce Now, da NVIDIA, está em beta — até o Google tem um projeto nesse sentido. Nenhuma visão para um serviço desse tipo, entretanto, parece ser tão ambiciosa como a anunciada ontem pela Microsoft.

A gigante de Redmond abriu as cortinas do projeto xCloud, o futuro serviço de streaming de jogos do Xbox que trará suporte a dispositivos de todos os tipos e levará títulos consagrados da plataforma, dos mais simples aos mais pesados/complexos, a basicamente qualquer tela que você queira — iPhone e iPad inclusos, claro — sem precisar se preocupar com especificações ou hardware; a única necessidade, claro, será uma conexão de internet boa e estável.

O xCloud será baseado no serviço de nuvem Azure, também da Microsoft, e frequentemente elogiado por sua infraestrutura e confiabilidade; serão espalhados servidores por 54 regiões do planeta — uma delas, inclusive, aqui mesmo no sul do Brasil. A ideia é que os jogadores usem os controles do Xbox conectados ao dispositivo via Bluetooth — a empresa já está mostrando, por exemplo, um clipe que se conecta ao joystick do console e permite que você prenda um smartphone a ele. No caso de jogos mais casuais, será possível utilizar também controles de toque, exibidos na própria tela.

Por enquanto, o xCloud está em fase inicial de implementação — segundo a Microsoft, milhares de desenvolvedores já estão trabalhando em títulos para a plataforma, sejam eles criações totalmente novas ou ports de jogos já existentes. Ainda teremos de aguardar para ver a variedade dessa biblioteca ou a quantidade de títulos populares do Xbox que serão incluídos nela, naturalmente.

As primeiras fases de betas públicas do xCloud começarão em algum ponto do ano que vem e, até lá, mais informações sobre o projeto serão divulgadas pela Microsoft. A ideia é realmente boa — se a empresa fizer tudo direitinho, podemos estar vendo mais uma revolução no mundo dos videogames. Concordam?

via TechCrunch

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: