O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Plug-in do Flickr no Aperture: muito bom

Banner do ApertureDesde o lançamento da versão 1.5 do Aperture, soube que uma de suas grandes novidades seria a possibilidade da criação de plug-ins para a expansão de suas funcionalidades, sem limites — ou melhor, no limite da criatividade dos seus inventores, claro. A própria Apple anunciou que já estariam disponíveis, pós-lançamento, plug-ins para sites como o Flickr, serviço de armazenamento e compartilhamento de fotos online do Yahoo!.

Publicidade

Como usuário assíduo do serviço, fiquei ansioso com o anúncio, esperando a disponibilidade do plug-in na página de ferramentas de upload do Flickr, onde eles listam todos os utilitários disponíveis para quem quer mandar fotos para suas contas sem ter que usar a interface de upload via browser. Até hoje o dito cujo não apareceu por lá, mas através de uma página um pouco escondida no site da Apple, descobri que, sim, ele já existe!

O Flickr Plug-in for Aperture é completamente gratuito e consiste em apenas um arquivo com a extensão .ApertureExport. Para instalá-lo, basta arrastar o arquivo para a pasta ~/Library/Application Support/Aperture/Plug-Ins/Export/nota: eu tive que criar esta pasta, já que, pelo menos aqui no meu Mac, ela ainda não existia — possivelmente por ser o primeiro plug-in que eu instalo para o Aperture. Depois, basta reabrir o programa que ele já estará funcionando. Neste caso, o plug-in é acessível através do menu “Export” do Aperture, evidentemente.

Flickr no Aperture

Fiquei impressionado com a qualidade e completude da solução já em sua versão 1.0. Até hoje, eu estava usando o também gratuito 1001, que não é integrado nem com o iPhoto nem com o Aperture. O que eu tinha que fazer, portanto, era exportar as fotos do Aperture, para depois adicioná-las ao 1001 e então preencher os dados para fazer o upload. Tirando esses passos adicionais chatos e desnecessários, o programinha me satisfazia muito bem — se bem que o desenvolvedor poderia retirar uma janelinha chata que pede doações de tempo em tempos. Prefiro dar dinheiro pro guardador do carro.

Publicidade

Como podem ver pela screen-shot acima, logo no topo da janela do plug-in você já tem acesso à porcentagem de banda que já utilizou da sua cota mensal no Flickr, que no meu caso é de 2GB — sou usuário Pro. Como o mês está só começando e a foto que enviei para testar o plug-in foi a primeira de novembro, ele está marcando 0%.

Abaixo, na esquerda, as fotos que você selecionou para postar são mostradas em miniatura e, na direita, você pode preencher todas as informações sobre elas: título, descrição, tags e especificar se quer publicá-las ou mantê-las como privadas. O menu abaixo, muito legal, permite que você já adicione-as à um determinado set existente, crie um novo, ou simplesmente coloque-as soltas no seu Photostream. Por fim, o plug-in mostra para o que veio e, no menu “Version Preset”, você pode escolher qualquer preset de exportação das imagens (eu já criei um específico para as fotos que mando pro Flickr) de forma que ele mesmo fará a conversão da imagem em segundo plano antes de enviá-la para o servidor. Simplesmente demais.

Só não dou nota 10,0 para o plug-in porque me faltam duas coisas que, por acaso, eu também não tinha no 1001: a possibilidade de selecionar mais de um set para minhas imagens e um porcentual do processo de upload. Apesar de oferecer uma barrinha de progresso, eu não acho que custa muito para eles adicionarem mais informações, como tempo estimado para o término do envio ou até mesmo quantos KBs já foram enviados.

Vejam a foto que enviei usando o plug-in aqui.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Realismo virtual

Próximo Artigo

Vídeo conceito do Vista (ex-Longhorn)

Posts Relacionados