O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

YouTube, bloqueado no Brasil? [atualizada 2x]

É ridículo o rumor que circula na mídia nacional e internacional nos últimos dias, e obviamente causou revolta em muitos internautas. Vou comentar o fato “por cima” e por partes.

Publicidade

Desde que o vídeo da Cicarelli dando aquele show na praia — pff… sem comentários — caiu na rede, a modelo e o seu namorado processaram vários sites que disponibilizaram o vídeo para seus usuários. As imagens foram proibidas e muitos sites retiraram o vídeo do ar. Não foi o caso do YouTube, que resolveu não retirar o dito do seu banco de dados.

Após a decisão do YouTube, os advogados resolveram entrar com outra ação na justiça, que embora não tenha sido divulgada em detalhes, aponta para um possível bloqueio do YouTube no Brasil. Ontem o advogado disse que o que estava sendo discutido era apenas o bloqueio do vídeo, mas hoje vazou um ofício na internet que, sim, considera a hipótese de serem colocados filtros para banir o acesso dos usuários brazucas ao portal de vídeos.

Publicidade

Embora essa informação tenha vazado, não podemos ter certeza do que realmente está sendo discutido. O Tribunal de Justiça já negou que tenha aprovado o bloqueio do portal, mas o “causo” ainda não terminou. E por tudo que correu na mídia, já temos muito o que discutir.

Eu considero tudo isso imbecil. Ora, pensar bloquear um site do porte do YouTube, em que milhões de usuários acessam diversas informações mais construtivas (tá, eu também sei que tem muita porcaria), por causa de um filme pornô amador de uma celebridade, que consta no banco de dados do YouTube e de outros tantos sites da internet? Sabemos muito bem que vídeos semelhantes e até muito piores, como o da morte do Saddam Hussein, podem ser facilmente acessados por qualquer usuário no portal.

Creio que nada disso vai acontecer, e quem processou o YouTube vai quebrar a cara. É absurdo que a Justiça considere algo do gênero. Há coisas muito mais graves a serem resolvidas, embora seja de conhecimento geral da nação que a nossa Justiça é totalmente furada. E é claro que o Google e (ou) o YouTube farão algo antes que a situação se complique.

Publicidade

Mas, convenhamos… era só o que faltava, hein?

Atualização (07/01/07 às 14:41): é gente, pelo jeito a palhaçada já começou. De acordo com uma notícia publicada no Terra, os assinantes do Brasil Telecom não conseguem acessar o portal. Também há relatos de instabilidade nos outros serviços do Google, incluindo Orkut e o próprio sistema de busca. Faz dois dias que não consigo entrar no YouTube, mas os outros serviços do Google não apresentaram problemas aqui.

O jeito é acessar alterando o proxy, como foi comentado pelos usuários.

Publicidade

Atualização (09/01/07 às 3:10): Ontem soubemos oficialmente que a Brasil Telecom bloqueou o YouTube no Brasil, mas este alcançava somente o Sul e algumas partes do Centro-Oeste brasileiro. Há algumas horas, foram notadas falhas no acesso por usuários da região Sudeste, e ontem também ficamos sabendo que a Telefônica seguiu a ordem judicial de bloquear o YouTube. A gigante Embratel ainda analisa a decisão da Justiça.

Para quem quiser saber de todos os detalhe, sugiro a leitura de todas as notícias relacionadas ao caso publicadas no Último Segundo. De todos os portais que tenho acompanhado, é o que oferece mais informações e está sempre atualizado.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Apple sem Jobs? [atualizada]

Próximo Artigo

Asus lança o primeiro notebook Sideshow

Posts Relacionados