O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Mais 4 detalhes sobre o iPhone, extraídos da keynote de Steve Jobs

O pessoal da Actioncorp TV analisou em detalhes o vídeo de apresentação da Macworld San Francisco 2007 e extraiu mais 4 informações sobre o iPhone, da própria keynote de Steve Jobs. As novidades são simples de se notar por observadores mais atentos, mas são coisas que ele não chegou a comentar durante o lançamento do produto.

Publicidade

1 – Aplicativo Calendário. Logo no começo da apresentação, Steve Jobs diz que iria demonstrar 4 dos recursos do iPhone, entre eles um aplicativo Calendário. O engraçado é que ele não chegou a utilizá-lo, de fato, durante a keynote; apenas falou sobre alguns de seus recursos. A explicação para isso veio alguns dias depois em um artigo de David Pogue, que afirmou que, entre diversas outras coisas, o aplicativo Calendário ainda estava incompleto no protótipo demonstrado na Macworld. Pela imagem demo que apareceu na própria keynote, podemos ver que ele possui modos de visualização por ano, mês (a ativa) ou dia, eventos do dia atual na parte inferior, um rápido botão com sinal de mais na parte superior direita para adicionar novos eventos rapidamente e um outro botão na parte superior esquerda ainda não-identificado.

2 – Direções e Tráfego no Google Maps. Steve Jobs demonstrou o uso do Google Maps no iPhone, mas nada em sua interface mostrava qualquer coisa relacionada à direções e tráfego — nem mesmo os vídeos postados pela Apple em seu website. A resposta para isso veio no final da apresentação de Jobs, quando ele repassou por todos os recursos discutidos e mostrou uma imagem do Google Maps rodando no iPhone com uma interface um pouco diferente de antes. Esta possui dois novos botões que provavelmente farão parte da versão final do aplicativo: no canto inferior direito, um botão permitirá mostrar ou esconder informações sobre o tráfego; o do canto inferior esquerdo provavelmente permitirá que usuários entrem com informações sobre direções, porém pelo vídeo é um pouco difícil distingüir o símbolo do botão e portanto ele pode servir para outra coisa, como alterar configurações do programa.

Publicidade

3 – Rolagem por Letras. Steve Jobs mostrou como é fácil e revolucionário rolar listas (de músicas, por exemplo) no iPhone. Basta arrastar a tela com seu dedo, com a intensidade que quiser. Mas haverá outro método de navegação no iPhone que Steve não demonstrou abertamente: sempre que uma lista alfabética é mostrada na tela (artistas, por exemplo), as letras do alfabeto aparecem bem pequenas na parte direita da interface. Desta maneira, se você quiser ir direto para uma letra específica, é possível pressionar o caracter desejado e você será levado imediatamente para aquele ponto na lista. Ele próprio utiliza o recurso quando vai demonstrar algumas músicas da banda Red Hot Chili Peppers.

4 – Ringtones. Jobs demonstrou, durante a keynote, um dos ringtones padrão do iPhone, que provavelmente estará disponível para escolha quando ele for lançado — junto com alguns outros ainda desconhecidos. Mas e outros ringtones? Quando questionado sobre a possibilidade de usar músicas como ringtones em uma entrevista após a keynote, Jobs apenas disse que “isso ainda não foi decidido.” Todavia, o pessoal da ACTV acha que o plano já está, sim, todo montado, e que o próximo grande passo da Apple é vender ringtones através da iTunes Store. Outra dica para este rumo veio a partir de uma imagem do iPhone conectado ao iTunes durante a keynote; pelo vídeo fica difícil identificar qualquer elemento na janela, mas um repórter do site Engadget na platéia bateu uma foto que mostra duas novas abas exclusivas para o iPhone: Personal — provavelmente para configurar que contas de email, calendários e bookmarks você quer sincronizar — e Ringtones. Se a Apple optou por adicionar uma aba específica para ringtones, é de se esperar que as opções não sejam poucas, e que uma seção dedicada exclusivamente à ringtones apareça na iTunes Store logo após o iPhone ser disponibilizado no mercado.

Que venha logo esse bichinho!

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Seis motivos para ainda não comprar o Windows Vista

Próximo Artigo

Para os que já perderam algumas dicas do QUIZ BLOG.MACMAGAZINE

Posts Relacionados