O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Testando o Boot Camp

MacBook XPHá um mês atrás, logo em meu primeiro dia de trabalho na Play Zona Digital, revenda premium Apple, matei uma curiosidade de longa data: ver o funcionamento do Windows XP em um Mac com processador Intel rodando nativamente, através do Boot Camp.

Publicidade

Acompanhei todo o procedimento de instalação e configuração, e no dia seguinte fiz o mesmo na minha estação de trabalho, um iMac 17″ com Intel Core 2 Duo. O que mais me espantou foi comprovar que a câmera iSight embutida funciona perfeitamente no MSN do Windows, e que é possível jogar sem problemas com a ATI Radeon x1600, com um desempenho que me deixou maravilhado.

Bom, usar o Boot Camp é muito fácil. Primeiramente, o que você precisa antes de começar os procedimentos é:

  1. Ter um CD-R ou algum tipo de memória externa, como um pen-drive USB ou disco externo, com no mínimo 150MB — necessário para os drivers do Mac.
  2. Ter um Windows XP, ou se quiser arriscar, um Windows Vista. A questão do Vista é que se não houver cuidado, apaga-se a partição do Mac OS X. Seguimos aqui com o XP.
  3. Mac VistaTer conexão à internet, para baixar o Boot Camp e ativar sua versão do Windows — estou supondo que é um Windows original, diga não à pirataria! Ou então use o sistema pelos 30 dias grátis que eles proporcionam, antes de ativá-lo.
  4. Essencial: um Mac com processador Intel! Apesar de parecer óbvio, pode ser que haja gente que não saiba disso.
  5. O Mac OS X 10.4.6 ou mais recente.
  6. Teclado e mouse USB, ou embutido no caso dos notebooks.

Bom, aos procedimentos:

Publicidade
  1. Vá à página do Boot Camp e baixe o software.
  2. Faça a instalação do Boot Camp, e depois, vá ao seu disco, Applications » Utilities, e busque o assistente do Boot Camp.
  3. O assistente vai pedir 3 coisas básicas: criação de uma partição para o Windows, se já não exisitr; criação da pasta de instalação dos drivers do hardware Apple para Windows, em CD ou outra mídia; e o CD do Windows XP para já reiniciar o computador e fazer a instalação do sistema. Se você estiver arriscando com o Windows Vista, a versão 64 bits inicia a instalação. A de 32 não tenho certeza.
  4. O Windows XP já reconhece praticamente todo o hardware do Macintosh. Entretanto, para que tudo funcione perfeitamente, é necessário ter os drivers da Apple instalados no XP. Como os arquivos chegam perto dos 150MB, é necessário um CD/DVD gravável ou uma memória externa (pen-drive, iPod, HD externo etc.) com esse espaço livre, para armazenar os arquivos que serão usados após a instalação do sistema. Se é a primeira vez que você está instalando o Windows no Mac, provavelmente você não tem esses arquivos, então grave-os.
  5. Um detalhe sobre o particionamento e a formatação do HD: se você quiser acessar os dados da partição Windows com controle total, use FAT32. A partição pode ter no máximo 32GB, e algumas das funções do Windows XP com NTFS não aparecem no FAT32. Arquivos maiores que 4GB não são permitidos em partições FAT32, e são em NTFS. Ou seja, pense bem antes de decidir qual tipo de partição vai usar. Por maior compatibilidade e possibilidade de intercambiar arquivos facilmente, eu prefiro a FAT32 no Boot Camp.
  6. O computador reinicia e começa os procedimentos normais de instalação do Windows XP. Atenção: não deixe o Mac entrar em modo sleep! Sim, se você não mexer o mouse ou tocar no teclado por muito tempo, pode ser que o computador durma, e aí perde-se a conexão com o teclado, restando apenas dar reset no Mac através do botão de liga/desliga. A instalação do XP no Mac é mais demorada que em um PC, então no início tenha cuidado para não deixá-lo dormir.
  7. Siga os passos da instalação do XP, sem formatar o HD — ou formatando, se houve uma mudança de idéia quanto a FAT/NTFS por exemplo. Não cabe a este texto explicar como instalar o Windows, por ser como qualquer instalação. O Mac agora é um PC como os outros, só que mais bonito!
  8. Mac abre XPQuando a tela do XP abrir pela primeira vez, depois de todos os “oh, meu Mac roda Windows!” que você poderá eventualmente dizer, coloque o CD/DVD/pen drive/mídia externa com os drivers da Apple que você gravou pelo Boot Camp. Abrindo a pasta que está ali guardada, é possível notar que há um instalador executável, o qual precisa ser clicado duas vezes para começar a transferir os drivers que irão dar funções completas ao teclado, habilitar a câmera iSight — se presente — e todas as outras coisas que faltam para o Mac rodar o XP de maneira completa.
  9. Provavelmente o computador irá reiniciar, e ao entrar de novo no Windows, tudo já estará funcionando perfeitamente. Depois de instalar o Windows Messenger, por exemplo, você poderá notar que sua câmera iSight e o microfone embutido estão trabalhando normalmente. O Mighty Mouse tem os botões e scroll funcionando, assim como o teclado Apple fica com a configuração do teclado PC. Entradas USB funcionam, placa de vídeo com os drivers e software de confirguração presentes nas Propriedades de Vídeo… enfim, é um Mac com as utilidades do Windows.

Mac com GP4E é isso. Para voltar ao OS X, basta apertar a tecla Alt após ouvir o chime do Mac — ou logo que o computador estiver iniciando, antes que apareça a tela cinza — e escolher a partição com o sistema desejado. Ou então, em Painel de Controle, mudar o disco de inicialização do computador, ação que pode ser tomada também no Mac OS X, nas preferências de inicialização do sistema — em System Preferences, Startup Disk.

rFactor no MacDepois que instalei o XP no meu iMac de trabalho, testei alguns jogos de Windows, como o Grand Prix 4 e o rFactor. Volantes e joysticks funcionam normalmente também, afinal as portas USB são as mesmas, independente do sistema. Como já havia dito, a câmera iSight e o microfone embutido também funcionam, além da saída de áudio estilo fones de ouvido. A entrada não sei, mas provavelmente funciona também, e claro, as caixas de som do Mac continuam emitindo som da mesma maneira, no sistema que for.

E acho que é isso. Se me esqueci de algo, ou dependendo dos comentários do pessoal, posso ir atualizando este post. Espero que, apesar de ter ficado gigantesco, ele ajude a quem tenha ainda alguma dúvida.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Propaganda do Vista ou do MacBook?

Próximo Artigo

O melhor da semana 10 de 2007

Posts Relacionados