O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Vídeo tour do iPhone apresenta teclado virtual

A Apple de fato preparou uma estratégia que está fazendo com que a blogosfera e sites de notícias em geral falem do iPhone dia após dia. Toda hora é alguma novidade sobre o aparelho, ou vídeozinho bacanudo no site. Hoje foi a vez de mais um tour em QuickTime, que apresenta o teclado virtual do celular em todos os detalhes.

Publicidade

Alguns destaques:

Teclado virtual do iPhone

Publicidade

Arrastar o dedo por qualquer texto já escrito abre uma lupa (à lá Aperture) para facilitar o reposicionamento do cursor e apagar palavras usando a tecla Backspace ou adicionar novas palavras onde quiser.

Teclado virtual do iPhone

O iPhone possui um dicionário embutido que procura por palavras mesmo quando digitadas incorretamente, através da aproximação de letras. No exemplo acima, digitou-se “ouzza” e o iPhone logo reconheceu a entrada como “pizza”, bastando apertar Space para aceitar a sugestão. Isso ocorreu porque “o” está logo à esquerda do “p” e o “u” está logo à esquerda do “i”.

Publicidade

Teclado virtual do iPhone

Aqui, mais uma tecnologia de aproximação é demonstrada. Até o momento da foto, o usuário já havia digitado “tim”. Uma grande possibilidade para a 4ª letra seria “e”, completando a palavra “time” (hora, em inglês).

Na medida que o usuário aproxima seu dedo do “e”, o iPhone automaticamente aumenta a área sensível da letra sobrepondo o “w” e o “r”, que não são combinações possíveis para “tim” — não existe nem “timw” nem “timr”.

Publicidade

Teclado virtual do iPhone

Como trata-se de um teclado virtual, o iPhone adapta-se ao aplicativo que está rodando. No caso do Safari, ao digitar endereços para navegar, notem que a tecla Space não está mais presente, vez que não existem espaços em URLs. No lugar dela, entram 3 botões bastante úteis na navegação: um ponto, uma barra e até mesmo um “.com”.

Esses e outros detalhes mostram que a decisão de usar um teclado virtual pela Apple foi bastante sábia, e bastante bem executada. Inicialmente, pensávamos que a vantagem principal seria a economia de espaço físico no aparelho — afinal, em celulares e handhelds com teclado físico, ele está sempre presente e visível, mesmo quando não está em uso –, mas o buraco é bem mais embaixo.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Análise em vídeo de Walt Mossberg sobre o iPhone

Próximo Artigo

Mais uma análise do iPhone em vídeo, pelo USA Today

Posts Relacionados