O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Tutorial: como instalar memória no novo iMac

“Tutorial” foi meio forte, já que vocês verão que o processo é extremamente simples. Mas expandir memória no novo iMac também requer os devidos cuidados de sempre, apesar de que está muito mais fácil que no modelo anterior, quando as alavancas para ejetar os módulos de RAM podiam inclusive quebrar na tentativa — isso quando já não vinham ruins de fábrica.

Publicidade

Veja em poucos passos como adicionar ou trocar memória no novo iMac.

Ao tirar o iMac da caixa, ele vem envolvido em uma embalagem já conhecida de usuários do iMac tela plana, sem ser o G4. Atualmente, basta abrir o plástico para já ter acesso à parte de baixo da peça principal, onde estão os bancos de RAM. No iMac Intel que acaba de sair do catálogo, havia que rasgar a embalagem por baixo, ou tirá-la por completo. Com o lado inferior exposto, é fácil ver o parafuso estrela que abre o compartimento da memória. Uma chave Phillips e pronto, tampa retirada.

Publicidade

Antes de tocar nos módulos de memória, é extremamente recomendado tocar uma parede com as mãos, para descarregar a eletricidade estática do corpo e evitar queimar algum componente. Essa eletricidade é raramente sentida, mas como sempre temos alguma acumulada, seja por andar sobre um piso de madeira ou simplesmente por acúmulo de eletricidade do corpo, é bom realizar esse procedimento antes, e evitar uma dor de cabeça caso o computador não ligue.

iMac para trocar RAM A tampa da RAM Banco 1 da RAM Memória colocada

Os novos iMacs não vêm mais com dois módulos de 512MB, facilitando a vida dos técnicos. No banco de RAM vazio, basta levantar o plástico negro que é usado para expulsar a memória, e que parece mais resistente que as antigas alavancas de plástico, além de mais eficiente. Encaixar a RAM também parece muito mais suave que antes: é colocar o módulo, empurrar com um pouco de força, e já está perfeitamente instalada. Ao contrário de MacBooks e iMacs brancos, que necessitam bastante força para que a memória realmente entre.

Publicidade

Em seguida, coloca-se o plástico preto dentro do espaço da RAM, a tampa volta para o seu lugar, e com a chave estrela novamente, apertamos o parafuso. Pronto, basta ligar o computador, ir ao menu da maçã e verificar, em Sobre este Mac (About this Mac, na versão em inglês), que a memória está sendo totalmente contada. Se o valor mostrado estiver errado, a memória pode ter algum defeito. Quase sempre, quando a memória está mal colocada ou quebrada, o computador não liga, chegando a apitar às vezes.

Viram quão fácil é mexer nas memórias do novo iMac?

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

WhatSize: perfeito para quem quer saber o quanto cada pasta ocupa no HD

Próximo Artigo

EA não cumpre promessa

Posts Relacionados