O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Minha situação com armazenamento

A situação está crítica. Hoje em dia, gigas vão embora sem nem percebermos. Emails, fotos, músicas, vídeos, apresentações, trabalhos… tudo isso consome muito espaço em disco e, quando menos esperamos, o HD está no talo. Confiram meu setup atual:

Publicidade

Meus HDs

Meu HD interno do MacBook Pro é de 160GB (148,73GB efetivos, como podem ver) e só está com 8GB livres. É nada. Eu tinha que estar com o dobro livre, no mínimo, até por questões de performance — sim, o recomendável é manter sempre, pelo menos, 10% do tamanho do HD livre.

Nesses 160GB eu tenho não só o sistema instalado como todos os aplicativos que utilizo e, é claro, os documentos e trabalhos que necessito diariamente. Além disso, é nele que armazeno minha biblioteca de mais de 60GB do iTunes e também meus quase 25GB de fotos do Aperture. São as minhas duas coleções mais preciosas: músicas e fotos.

O “Firewire” é um HD externo que tenho há cerca de 4-5 anos. Daí vocês tiram que, na época, os 60GB (55,78GB efetivos) de capacidade faziam dele um dos modelos topo-de-linha do mercado. Hoje em dia, está longe disso. Por questões de segurança e redundância, só uso este HD para backup dos meus arquivos mais importantes e das minhas fotos. Configurei um vault do Aperture nele e é aqui que faço cópia das seguintes pastas:

  • /Library/
  • ~/Desktop/
  • ~/Documents/
  • ~/Downloads/
  • ~/FontExplorer X/ (minha biblioteca de fontes)
  • ~/Library/
  • ~/Pictures/
  • ~/Sites/

Já meu iPod é um “video” de 80GB (74,4GB efetivos) que, além de tocador de música, serve, é claro, como backup da minha biblioteca do iTunes. Faço sincronismo automático com meu MacBook Pro e ele é a minha fonte de redundância de armazenamento da coleção que está no laptop. Como já passo dos 60GB, não uso ele para armazenar mais nenhum outro tipo de arquivo.

Publicidade

Como podem ver, estou bem no talo. Mesmo com os poucos 8GB livres do laptop, consigo isso porque vira-e-mexe tenho que ficar gravando CDs e DVDs de backup, tirando as coisas que (acho) são desnecessárias levar pra lá e pra cá no computador. Tenho 3 tubos de mídias de backup cheias, aqui na minha mesa. E fica tudo catalogado no DiskTracker, que já uso há bastante tempo. Sem ele, estaria perdido.

Tenho também um pendrive Kingston de 2GB, mas não o utilizo para backup, apenas transporte de arquivos. Neste momento, ele está 100% livre.

Próxima aquisição: um 2º HD externo de, pelo menos, 500GB de capacidade.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Apple ProRes 422: vídeo HD compacto e de qualidade

Próximo Artigo

iPod touch será o "brinquedo" mais vendido neste Natal

Posts Relacionados