O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Agora foi a vez do IDG Now! pisar na bola com os blogueiros

NÃO ao IDG Now!O IDG Now! publicou anteontem um artigo até interessante sobre os últimos boatos que circularam na internet, alguns bem divertidos, é verdade. Porém, eu só estou dizendo isso porque tive coragem e vontade de continuar lendo a matéria após a asneira que escreveram em seu terceiro parágrafo, a fim de verificar se pisariam em outra bola no mesmo post. Confiram:

Publicidade
[…] No ano passado, surgiram diversos tipos de boatos – vídeos e blogs, na maioria das vezes. De certa forma, essa é uma tendência perturbadora porque a internet já tem informações imprecisas suficientes como as de conteúdos da Wikipedia ou de blogs opinativos. […]

Em pleno ano 2008 este “portalzinho de tecnologia” tem coragem de escrever um absurdo como este? E o pior: o artigo é traduzido da Computerworld, que faz parte do mesmo grupo.

Foi escrito por John Brandon, freelancer que, segundo o seu site pessoal, escreve também para a PC Magazine, Coastal Living, Wired, Laptop entre outras. Aparentemente o cara já escreveu mais de 700 artigos… é por isso que dizem que credibilidade não se constrói da noite pro dia, mas destruir sua credibilidade é tarefa que demora apenas alguns minutos e alguns toques no teclado.

Publicidade

O assunto em questão já foi debatido dezenas de vezes e hoje em dia já vemos a chamada “grande mídia” começando a dar mais atenção para os blogs — eles mesmos estão entrando na onda, junto com grandes empresas das mais diversas. Já perdi a conta de quantos artigos publiquei aqui no blog criticando matérias de diversas publicações consideradas “sérias”.

A verdade na história toda são vocês mesmos quem nos dizem, leitores, das mais diversas formas. Como sempre, a máxima do “faça pouco mas faça melhor do que todo mundo” se aplica aqui. Que vergonha.

[Dica do Guilherme Rambo, obrigado!]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Alô? Bom dia! Estamos ligando para você, aqui da base lunar...

Próximo Artigo

Divisão de regiões do Blu-ray favorece Brasil

Posts Relacionados