Capa da Wired, 11 anos depois

Quem acompanha a história da Apple ou faz parte dela há mais de década com certeza já deve ter visto a seguinte capa da revista Wired, de junho de 1997. Trata-se de uma época em que a Apple beirava a falência, por isso o clamor editorial em questão: “Pray” (“Reze”).

Publicidade
Wired: junho de 1997

Wired: junho de 1997

Quase 11 anos após a publicação, eis que divulgam a capa da edição do próximo mês da revista:

Wired: abril de 2008

Wired: abril de 2008

“Evil/Genius” (“Demoníaca/Genial”). Não preciso comentar as similaridades visuais, né? Pois bem, tal como brinca o Brian Lam em seu artigo no Gizmodo, certamente muita coisa mudou na minha vida desde 1997; além de ter ganhado alguns quilos, ter perdido a virgindade e já estar quase saindo da faculdade, neste período conheci a plataforma Macintosh. Para a Apple, o tempo foi o mesmo, e muita coisa mudou pros lados de Cupertino, é claro.

O título desta edição de abril vai de encontro à inteligência organizacional de Steve Jobs e o seu modo inovador de tocar sua empresa. A peça é baseada no próximo livro de Leander Kahney (para quem perdeu, ele liberou dois deles gratuitamente via BitTorrent hoje mais cedo), Inside Steve’s Brain (“Dentro do Cérebro de Steve”), que será lançado dentro de algumas semanas.

Publicidade

Inside Steve’s Brain

Pray“, em 1997, não foi, de jeito algum, uma peça de ataque ou humilhação à Apple, como muitos pensam. O artigo continha 101 conselhos para a empresa, que na época passava pela maior dificuldade da sua história. Claro que muitos desses conselhos nunca foram postos em prática, mas muitos deles foram e, claro, para o melhor.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…