O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Bases AirPort da Apple fazem grande sucesso no mercado Wi-Fi 802.11n

A fatia de mercado das bases Wi-Fi 802.11n da Apple aparentemente é bem maior do que a sua fatia no mercado de computadores, revela o NPD Group. Segundo a firma de consultoria, a Apple registrou 10,6% de market-share em volume de unidades no último mês, em uma linha onde o faturamento e lucro da Maçã é bem maior.

Publicidade

De acordo com Stephen Baker, analista do NPD, o AirPort Extreme é o roteator 802.11n com o maior número de vendas no mercado norte-americano nos últimos 5 a 9 meses. A Time Capsule também foi líder de vendas, mas em uma categoria diferente: trata-se de um aparelho visto como um Network Attached Storage (NAS).

AirPort Express, AirPort Extreme e Time Capsule

AirPort Express, AirPort Extreme e Time Capsule

Combinando as vendas com o compacto AirPort Express, a Apple conquistou o 4º lugar nas vendas gerais de bases 802.11n, atrás da Linksys — marca da Cisco —, D-Link e Netgear. O bacana é que ela possui um mercado potencial de consumidores bastante amplo, já que tais produtos são compatíveis tanto com Macs quanto com PCs. As concorrentes também alegam compatibilidade com Macs, mas nem sempre a coisa funciona como deveria.

Publicidade

Ao mesmo tempo em que abre mão de uma interface universal acessada via browser — como a maioria dos roteadores Wi-Fi do mercado —, a Apple com seu software proprietário AirPort tem a liberdade de implementar recursos que diferenciam seus produtos ainda mais dos competidores, como o Bonjour — para compartilhamento automático de impressoras — e o AirTunes — para a transmissão de áudio do iTunes via AirPort Express ou Apple TV.

A primeira base AirPort da Apple (Graphite) foi lançada em julho de 1999 e seguia o padrão 802.11b, com velocidade de transmissão de até 11Mbps.

[Via: AppleInsider.]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Google Sites agora aberto ao grande público

Próximo Artigo

MacStudio: para empresas que precisam de um pouco de iNspiração

Posts Relacionados