Apple e HP processadas por uso de patentes relacionadas às suas lojas online

Apple e HP foram intimadas, nesta semana, pela Clear with Computers (CWC), que está alegando violação de patentes relacionadas às lojas online de ambas as companhias, além dos seus próprios websites e sistemas de marketing, vendas e cadeia de suprimentos.

Publicidade

Apple Store Online

Mais detalhadamente, os documentos registrados na corte Texas Eastern alegam que Apple e HP infringiram as patentes de número 5.615.342 — intitulada “Electronic Proposal Preparation System”, registrada em 25 de março de 1997 — e 5.367.627 — “Computer-Assisted Parts Sales Method”, de 22 de novembro de 1994 —, ambas de propriedade da CWC.

Publicidade

As duas basicamente descrevem um sistema no qual consumidores logam-se a um sistema eletrônico e “constroem uma lista de produtos e/ou partes de um formulário”. O banco de dados também pode ser atualizado pela companhia hospedeira. Tal descrição lembra um pouco o conceito das lojas online que Apple e HP operam em seus sites mas, como tal, também poderia ser aplicado a uma infinidade de outros sites, incluindo a gigante Amazon.

A CWC exige ressarcimentos por danos e uma injunção para forçar ambas as companhias a pararem de usar as tecnologias descritas. Ela insiste pela formação de um júri para o caso, principalmente pelo fato de que a corte Texas Eastern tem uma reputação de favorecer donos de patentes que aleguem violações — isso explicaria a grande quantidade de processos registrados no local.

Curiosamente, a Apple lançou sua loja online em 10 de novembro de 1997. A Dell, por sua vez, entrou no mercado vendendo computadores online ainda em 1996.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…