O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Oi afirma que “entrará na briga pelo iPhone”

Agora a coisa fica boa. Se você acompanha o MacMagazine, já sabe que, oficialmente, Claro e Vivo confirmaram que trarão o iPhone 3G para o Brasil. A TIM também já declarou o seu interesse e, apesar de ainda nem sequer constar no site da Apple, quer ser “a primeira” de todas — um pouco difícil, mas o legal é a intenção.

Publicidade

Das quatro grandes operadoras de telefonia móvel do país, apenas a Oi — minha operadora desde sempre, por sinal — ainda não havia se manifestado sobre o assunto. Até agora. Em reportagem para a revista EXAME desta semana, seu presidente Eduardo Falco afirmou categoricamente que “entrará na briga pelo iPhone”.

A novidade está contida em uma matéria da repórter Carolina Meyer sobre a difícil entrada da telecom em São Paulo e a sua aposta de se tornar, em breve, a número 1 do país — posto hoje ocupado pela Vivo.

Para promover o desbloqueio de aparelhos, Falco deve lançar mão de uma estratégia, no mínimo, inusitada. Ele quer negociar com a Apple a venda de iPhones desbloqueados. Nessas condições, o preço do aparelho pode ultrapassar R$2.000, ou quase quatro vezes o valor que deve ser cobrado pelas outras operadoras para vender o celular no país — mas não deixa de ser uma jogada de marketing.

“Vou entrar na briga pelo iPhone”, diz Falco. “O consumidor tem o direito de adquirir um aparelho desbloqueado.” Em outra frente, a Oi vai investir em planos agressivos de tarifas e na oferta de serviços de banda larga, inclusive para o segmento pré-pago, uma novidade no setor.

Confira, abaixo, a reportagem na íntegra:

Muito boa oportunidade para “oficializar” esse tipo de coisa… 😉

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Google desiste de comprar o Digg

Próximo Artigo

G.ho.st: armazenamento de arquivos + sistema operacional online do Oriente Médio

Posts Relacionados