O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Designers do MIT estudam novo computador para a Índia baseado no Apple II

O International Development Design Summit realizado este mês no Massachusetts Institute of Technology (MIT) contou com a participação de Derek Lomas, estudante universitário norte-americano que está recrutando entusiastas do Apple II para “dar a escolas do Terceiro Mundo laboratórios com computadores Apple II, tais como os que eu usei na minha infância”.

Publicidade

Junto com outros designers, Lomas quer construir um computador bem mais acessível (a meta é que ele custe apenas US$12) do que os produzidos hoje em dia por Nicholas Negroponte, também do MIT, famoso por trabalhar desde 2005 em laptops de US$100 para crianças pobres. “Vemos isso como um modelo que poderá aumentar as oportunidades econômicas para pessoas de países em desenvolvimento”, explica Lomas. “Basta saber digitar para você conseguir fazer US$1 por hora, ao invés de US$1 por dia”.

Os computadores — da década de 80 — deverão contar com o trabalho de engenheiros e programadores para serem minimamente atualizados com, pelo menos, acesso básico à web. O time do MIT já está escrevendo aplicativos melhores e integrando as máquinas através de telefones celulares. Chips de memória adicionais também deverão ser implementados, possibilitando que usuários escrevam e armazenem seus próprios programas.

Publicidade

A equipe possui membros internacionais — de Gana, Índia e até do Brasil — que foram encarregados de realizar pesquisas de mercado acerca do projeto, cada um em seu país de origem. “Pensamos que podemos criar uma ferramenta educacional muito boa que exporá crianças a teclados, digitação e mouses ainda em sua infância”, afirmou Jesse Austin-Breneman, 25, formado pelo MIT em Engenharia Mecânica.

O Apple II foi produzido em 1977 e seu engenheiro é considerado o pai da computação moderna/pessoal, o co-fundador da Maçã, Steve Wozniak — que estará no Brasil no mês que vem, diga-se de passagem. A máquina contava com um processador MOS Technology 6502 de 1MHz com uma ROM de 12KB.

[Via: Cult of Mac.]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Claro produz mini-folder sobre o iPhone 3G

Próximo Artigo

Mozilla cria Aurora, protótipo de browser de nova geração

Posts Relacionados