O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Ex-funcionário processa Apple por horas extras e más condições de trabalho

Um ex-engenheiro da Apple, funcionário da empresa de 1995 a 2007, está processando a companhia e requer recompensa por horas extras e gastos com alimentação. Segundo ele, a Maçã descumpriu as leis de trabalho do estado da Califórnia dos Estados Unidos.

Publicidade

David Walsh diz que foi “obrigado” a trabalhar além do seu horário regulamentar e em finais de semana, revelando ainda de artifícios diversos utilizados pela Apple para burlar o sistema através da sub-divisão de tarefas e criação de novos cargos que, no final das contas, a liberariam da obrigatoriedade de pegar pelas horas extras.

Além disso, ele considera as condições de trabalho na Apple similares às de servos que trabalhavam em troca de necessidades básicas para sobrevivência — lembra um pouco, inclusive, o sistema escravista, mas foi referido no processo como indentured servant.

Publicidade

Os advogados de Walsh solicitaram ao tribunal que as reclamações se aplicassem a todos os funcionários de TI da Apple na Califórnia, incluindo aqueles remanejados para tarefas de suporte em Apple Retail Stores.

A empresa ainda não comentou o assunto ou respondeu ao processo.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Pela primeira vez, as Olimpíadas serão transmitidas inteiramente em alta-definição

Próximo Artigo

SSDs poderão ter performance ainda melhor no Mac OS X Snow Leopard

Posts Relacionados