O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Adobe poderá criar sistema operacional para melhorar desempenho de seus aplicativos

John Dvorak, jornalista do Wall Street Journal, especulou recentemente sobre a possibilidade da Adobe desenvolver um sistema operacional próprio para concorrer diretamente com a Microsoft e dar ainda mais “potência” aos aplicativos da linha Creative Suite.

Publicidade

Dvorak lembra que a Adobe ainda não desenvolveu nenhum de seus aplicativos profissionais para o Linux e que um dos grandes motivos pelos quais o sistema do pingüim ainda não conseguiu aumentar sua popularidade entre os desktops pode ser justamente o fato de não possuir nenhum aplicativo profissional gráfico de edição de imagens e vídeos — sim, existe o GIMP, mas ele é apenas semi-profissional.

De acordo com Dvorak, a Adobe poderia portar toda a sua Creative Suite — incluindo aí Photoshop, Illustrator, InDesign e outros — para o Linux e tornar-se menos dependente da Microsoft. E tem mais: ele ainda cogita a possibilidade da Adobe desenvolver sua própria versão de sistema operacional, baseado no Linux.

Publicidade

Com um SO desses, os aplicativos da Creative Suite poderiam rodar com alta-performance em um sistema especialmente otimizado para os aplicativos da Adobe e ainda seriam capazes de aproveitar toda a potência que os novos processadores alcançarão. Esse novo sistema poderia ser distribuído juntamente com a suíte de aplicativos, tornando-a, assim, tudo do que profissionais precisariam para seu trabalho — em um único pacote.

A Adobe nunca enfrentou diretamente a Microsoft quando esta pisou na bola. Sua estratégia, até agora, foi apenas desenvolver bons e rápidos programas e deixar que a Microsoft resolvesse os problemas que afetassem o sistema operacional. Tendo controle da situação, a Adobe estaria livre para focar toda a performance do sistema para suprir a demanda de seus aplicativos. Assim, ela ficara independente não só da Microsoft, mas também da Apple.

Pensando bem, é realmente um boa estratégia para a Adobe. Só resta saber se ela tem coragem de tomar uma iniciativa destas…

[Via: Creativebits.]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

iTunes Unlimited: plano de assinaturas poderá ser anunciado em setembro

Próximo Artigo

China bloqueia acesso à iTunes Store por causa de músicas pró-tibetanas

Posts Relacionados