O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Vendas do iPhone são prejudicadas por Pocket PCs com Windows Mobile

Como a Andréa nos mostrou em seu último post, um dos maiores problemas atualmente nas vendas do iPhone 3G é a demora no processo de pagamento e ativação do aparelhos. Até hoje, nos Estados Unidos, quem quer comprar um iPhone 3G gastará, no mínimo, umas três horas entre esperar na fila e realizar todo o processo de pagamento/ativação. E este é um sério problema que a Apple precisa resolver.

Publicidade

Pode-se dizer que toda essa demora é proveniente de um único problema: a utilização de handhelds (Pocket PCs) com Windows Mobile/WinCE.

Desde 2005, a Apple adotou o EasyPay, um sistema que utiliza terminais portáteis, para prestar um serviço mais pessoal e flexível de transações e, ao mesmo tempo, eliminar a necessidade do consumidor ficar esperando em filas de caixas. O sistema também elimina o desperdício de papel, ao enviar todos os recibos e notas ficais para o email do cliente.

Antes do lançamento do iPhone 3G, a Apple afirmou que a solução do EasyPay seria a mais adequada para para dar conta da grande demanda pelo aparelho. O pior de tudo é que o gadget antiquado e o seu software “meia boca” só fizeram um processo de 5 minutos durar eternos e entediantes 15 a 30 minutos. Com isso, cada atendente das Retail Stores, que poderia atender 10 ou mais cliente por hora, acaba atendendo apenas 4 ou 5. No decorrer do dia, isso acaba gerando enormes filas e vários clientes frustrados.

Publicidade

Muitos dos funcionários ainda questionam por que a Apple adotou um método que utiliza o sistema concorrente e não o seu próprio. É simples: quando os portáteis foram adotados, o iPhone não passava de uma simples idéia que estava longe de ser concretizada.

A Apple adotou então o Symbol PPT8800 Pocket PCs fabricados pela Motorola e o sistema da EasyPay. Cada maquininha custa entre US$800 e US$1.000, todas possuem leitor de códigos de barra integrado e podem se conectar a leitores externos de cartões de crédito.

Publicidade

Os Pocket PCs são tão complicados que levam cerca de 15 minutos só para serem inicializados corretamente. E não é só isso. Sua manutenção também é trabalhosa. Problemas de hardware e re-instalações são tão corriqueiros que obrigam cada loja a ter uma (ou mais) unidades reserva para cada unidade em operação.

Muitos dos vendedores alegam que a solução desenvolvida pela Apple, que utiliza software próprio e MacBooks Pro como terminais, é muito mais rápida, confiável e fácil de usar. As Apple Retail Stores possuem poucas unidades como essas em pontos específicos das lojas para completar as transações dos clientes. Mas os próprios gerentes instruem seus funcionários a ajudar aqueles que estiverem esperando nas filas dos terminas com a solução EasyPay.

Um dos vendedores questiona por que a Apple não cria um software específico para ser utilizado com o iPhone para realizar as transações. Ele sugere que a câmera do celular poderia atuar como o leitor de códigos de barras (já existem vários aplicativos na App Store que fazem isso) e a Maçã poderia facilmente criar uma interface USB para conectar o telefone aos leitores de cartão de crédito. Com certeza, seria uma solução muito melhor do que ficar usando esses equipamentos horrorosos. Ainda mais porque são PCs. Aonde fica todo aquele lance das campanhas “Get a Mac”?

Para mais informações sobre esse sistema que a Apple utiliza e toda a sua deficiência, leia este excelente artigo do AppleInsider.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Mega evento da Apple com 1 mol* de novidades? Hmm...

Próximo Artigo

Novo beta do Safari 4 já está disponível [atualizado]

Posts Relacionados