O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Bloomberg mata Steve Jobs por engano (WTF?!)

Um rascunho de 17 páginas do obituário do CEO da Apple foi acidentalmente publicado hoje pela Bloomberg. Ele começava descrevendo Steve Jobs como o homem que “ajudou a tornar computadores pessoais tão fáceis de usar como telefones, mudou a forma como filmes animados são feitos, incentivou consumidores a curtirem músicas digitais e remodelou o telefone celular.”

Publicidade

De acordo com o Gawker, a prática de escrever pré-obituários é bastante comum mesmo para pessoas saudáveis que não correm risco de vida, e por isso não deverá afetar o valor das ações da Maçã. Só a Associated Press possui mais de 1.000 pré-obituários em seus arquivos das mais diversas pessoas incluindo, por exemplo, a polêmica cantora de 26 anos, Britney Spears. O Los Angeles Times, por sua vez, possui mais de 400.

Entre as pessoas sugeridas para entrevistas está Steve Wozniak, co-fundador da Apple; Heidi Roizen, ex-namorada de Steve Jobs; Jerry Brown, amigo pessoal; Nolan Bushnell, fundador da Atari; e Jon Ribunstein, ex-diretor da divisão de iPods da empresa. Diversos depoimentos de personalidades já foram coletados, dentre elas Bill Gates, Larry Ellison, Al Gore e Eric Schmidt.

O documento já foi retirado do ar, mas cópias já circulam pela rede, é claro. A Bloomberg pediu desculpas pela mancada e afirmou não ter quaisquer novas informações sobre a saúde do guru da Apple, bastante discutida recentemente na mídia.

[Dica do Renê Fraga, Paulo Tramarin, Joaquim Júnior, Marcelo Caneschi, J. Caetano, Sérgio Miranda e do Alexandre Almeida, obrigado a todos!]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

15 coisas que detestamos no iTunes

Próximo Artigo

Mozilla lança Ubiquity: linguagem comandando a web

Posts Relacionados