O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Claro poderá ser notificada pelo PROCON: cobrança de R$100 é ilegal

Como muitos dos nossos leitores já haviam alertado nos comentários do nosso artigo sobre o assunto em questão, o WNews confirmou ontem: a ação de reserva cobrada da Claro é ilegal e a operadora deverá ser notificada pelo PROCON de São Paulo.

Publicidade

O site informa que a operadora está violando o artigo 31 do Código de Defesa do Consumidor, não pela sua iniciativa em si, mas pelo fato de negar-se a ceder informações sobre planos, preços e disponibilidade do iPhone 3G:

A oferta e apresentação de produtos ou serviços devem assegurar informações corretas, claras, precisas, ostensivas e em língua portuguesa sobre suas características, qualidades, quantidade, composição, preço, garantia, prazos de validade e origem, entre outros dados, bem como sobre os riscos que apresentam à saúde e segurança dos consumidores.

Só com todos esses detalhes bem esclarecidos é que ela poderia solicitar uma cobrança de R$100 para os consumidores, referente à reserva do aparelho.

Publicidade

“Toda oferta para venda de um produto ou serviço tem de ser correta e precisa. Se a empresa está exigindo um sinal, ela tem de informar as regras de compra”, ressalta Evandro Zuliani, diretor de atendimento do PROCON SP.

Quando notificada, a Claro terá de prestar esclarecimentos não só ao PROCON, como para todos os seus consumidores. Se ficar constatado que a ação prejudica os assinantes, a operadora poderá ser punida com multas e, evidentemente, a suspensão da taxa cobrada. O caso pode variar de 200 a 3 milhões de UFIRs — o equivalente a multas de R$212 a R$3,192 milhões.

Giba PROCON neles! (tomara que sirva pra alguma coisa)

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Som automotivo da FUSION possui dock interno para conexão de iPods

Próximo Artigo

Não sabe o artista ou nome de uma música? Toque-a para o Shazam e ele te dirá!

Posts Relacionados