O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Vêm aí as baterias de prata-zinco

Uma companhia chamada ZPower anunciou (PDF, 40KB) há alguns dias, durante o Intel Developer Forum 2008, uma demonstração da sua nova tecnologia de baterias silver-zinc — algo como baterias de prata-zinco, ou simplesmente baterias de óxido de prata.

Publicidade

A nova geração promete uma densidade de energia superior às baterias de íons de lítio existentes hoje em dia, oferecendo até 40% mais autonomia do que as atuais, de acordo com a empresa. A expectativa inicial era de que a novidade chegasse ao mercado em 2008, mas a previsão foi agora empurrada para 2009, com a promessa de chegada num “computador portátil de uma grande companhia.”

Além da melhor performance, a ZPower também afirma que as novas baterias são mais seguras e amigáveis ao meio-ambiente. Prata-zinco é uma combinação química bem mais estável do que íons de lítio, que já demonstraram graves problemas de super-aquecimento e curtos-circuitos. Cerca de 95% dos elementos das novas baterias podem ser recicláveis e descontos serão oferecidos aos consumidores que entregarem baterias antigas na compra de novas.

Publicidade

A tecnologia, porém, não é retrocompatível com as atuais, o que significa que laptops e outros equipamentos só poderão beneficiar-se das baterias de prata-zinco se atualizados internamente para suportá-las. Usuários, portanto, não poderão se aventurar a abrir suas máquinas para instalar as novas baterias. Tal como em automóveis flex, porém, a nova geração de gadgets permitirá o uso de ambas tecnologias prata-zinco e íons de lítio. Como novidade, a opção da nova geração será considerada premium, portanto custará mais, inicialmente.

Com certeza você pensou no nome da Apple quando citamos “uma grande companhia” acima, mas não há qualquer indicação ou confirmação de que ela seria a grande interessada na nova tecnologia. Independente disso, com a chegada das novas baterias e da sua popularização no mercado, é claro que não há motivos pelos quais a Maçã não as adote também em futuros produtos — de MacBooks a iPhones e iPods.

[Via: MacRumors.]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

O Nelsão está de volta à equipe MacMagazine!

Próximo Artigo

MacMagazine marcará presença no Gestão do Futuro, com Steve Wozniak

Posts Relacionados