O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

De graça, até injeção na testa! VII

Dia movimentado, ontem, não? iTunes 8.0, novos iPods de todo jeito, novo software pro iPhone, Steve Jobs still alive… Com tantas novidades e cortes de preços, eu até que aceitaria bem, se não houvesse nada de graça na iTunes Music Store esta semana. Mas não: temos três faixas de gêneros bem diversos e de qualidade variável, a depender do seu gosto: as chances são de que ao menos uma te agrade. Mesmo sem MacBooks Pro novos com trackpad de vidro, vamos às novidades?

Publicidade

Toda semana encontramos uma faixa de um artista ou banda de que gostamos e a trazemos até você, como nosso Single of the Week. Lenka é uma cantora pop de Sydney, Austrália, cuja canção “The Show” é um pedaço açucarado de doçura com um toque de indie. É difícil não usar a palavra “fofa”, mas aí está ela e a dizemos com o máximo de afeição possível. Os pianos são vistosos e dão à faixa um pouco de vivacidade, que é reforçada pelos metais ao fundo. Os vocais de Lenka, seguindo o estilo garotinha-perdida, fecham a combinação com chave de ouro. No fim das contas, é impossível não começar a dar as mãos a estranhos e tentar dar pulinhos, brincar e, de toda forma, desfrutar a vida.

Fofa! Vontade de apertar! Guti-guti! Sem querer ser sexista, mas já sendo, meninas, o Single of the Week desta semana é para vocês! Rapazes, sejam espertos e dêem de presente para suas namoradas. Fofinha, lindinha e em tons pastéis, Lenka traz “The Show” (link para a iTunes, trocadilho não intencional) com uma competência inspiradora. Tudo bem, que a faixa não é um desafio musical como certos tipos de jazz ou ópera e que não é preciso ser um virtuoso para conseguir bons resultados com este estilo, mas este é sugar pop do bom! Eu diria que ela é a antítese da Avril Lavigne — tipo antimatéria; se as duas se encontrarem um dia, KABUM! Nota cautelar: a vozinha suavezinha da Lenka enjoa um pouco se ouvida demais, mas é bem legal. E fofa, eu já disse que ela é fofa? IMHO: 4/5 Se você não gostar, faça como ela diz na letra, “I want my money back!” 😉

Nosso Discovery Download põe em foco um gênero diferente a cada semana, oferecendo uma faixa gratuita que achamos merecer a sua atenção. Quando uma banda põe na sua lista de influências “o sol, a lua, o ar, a água”, pode ter certeza de que você está lidando ou com um grupo de curandeiros da Nova Era ou com roqueiros muito da pesada. Neste caso, estamos lidando com a segunda opção. Este trio de Connecticut sova um sludge primordial da melhor qualidade. “Slow and low, that is the tempo” (“Devagar e baixo, este é o ritmo”), como outro trio certa vez mencionou. Lamentações pensas, ondulantes, mas quase imóveis, solos à la Black Sabbath com proporções épicas e os vocais pródigos de Joey Maddalena combinam-se num pacote monstruoso que te fará querer entrar numa van, preparar suas bicicletas BMX e dirigir em direção ao sol.

Eu admito: tenho uma música da Britney Spears na minha biblioteca do iTunes. Mas acho que isso não me torna um escravo do pop, afinal de contas, eu tenho várias músicas de rock em diversos idiomas, inclusive. Revolverheld, KIO, U2, Matchbox20, Linkin Park… Tudo isso é rock, não é? Bem, talvez minha preferência pessoal por um rock mais leve explique o porquê de eu não entender bem qual é a do Crooked Hook em “The Captain Will Be Your Guide” (link para a iTunes). Mas não se deixe intimidar pela minha classificação baixa: se você gosta de rock da pesada — muito da pesada –, arrisque-se. Eu não recomendo para o ouvinte médio, entretanto. E mais: eu não cronometrei, mas vou valendo como mais da metade dos quase 7m40s são só o solo de guitarra que é destacado como uma das qualidades da faixa. Mas, particularmente, eu achei monótono. IMHO: 1/5 Rock pesado, ok, entendi, mas não justifica a morosidade da faixa.

Toda semana, encontramos uma faixa de um artista ou banda que está a um passo do sucesso e a trazemos até você, de graça, como nossa Canción de la Semana. Os irmãos Victor e Johnny Lopez cresceram em El Salvador e no Leste de Los Angeles. A luta constante para viver nestes ambientes, desde a intranqüilidade urbana a guerras de gangues, é o que conduz as letras de Crooked Stilo. A dupla tira seus repetidos ataques ferozes no vocal dos maiores contadores de estória do hip-hop — desde Big Daddy Kane até Tupac. Contudo, em termos de ritmo, eles pegam muito da abundância de estilos latinos tradicionais. “La Charanga” é tirada de seu mais novo lançamento, Cumbia Urbana.

Curioso. Interessante. Como muito bem notado pelo pessoal da iTS, a mistura de letra de hip-hop com ritmo latino é o maior destaque desta faixa. Não dá pra ficar indiferente a “La Charanga” (link para a iTunes), visto que é uma canção cheia de reviravoltas e com ares bem pra cima. Seu ritmo bem marcado é meio hipnótico e, apesar de não ser muito excepcional, a batida é eficiente. Sou um couch potato, mas aposto na eficácia desta faixa para acompanhar exercícios de ritmo médio — na esteira ou na bicicleta, talvez? Quem não curte balanço latino ou hip-hop, fique longe: você vai encontrar uma overdose de ambos. E eu não gosto de inserções de crianças (elas me dão medo), mas o pivetinho que abre a faixa é… engraçado. 🙂 IMHO: 2/5 Balanço bom, mas os vocais são muito apagados.

Bem, com toda a inovação do iTunes 8, só nos resta esperar que as novidades gratuitas não parem de chegar! 🙂

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

LHC já está funcionando; VMware Fusion participa do projeto; Google homenageia

Próximo Artigo

Grendha vs. iPods: chama o jurídico, Apple!

Posts Relacionados