O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Há algo de errado no reino do Pingüim

Não pretendo suscitar a velha discussão software livre vs. software proprietário, porém, quando a Dell anunciou o início das vendas de notebooks equipados originalmente com o sistema operacional Linux, imaginou-se ser este o impulso que faltava para o software do Pingüim finalmente ter o reconhecimento devido.

Publicidade

Passado pouco mais de um ano, a MSI, fabricante de notebooks com sede em Taiwan, nos mostra que a realidade é um pouco diferente — e mais sombria — do que a imaginada naquele momento. Segundo a empresa, “a taxa de devolução é pelo menos quatro vezes maior para os netbooks com Linux do que para os com Windows XP”.

Tudo indica que o Windows XP possui, mesmo em comparação ao Windows Vista, um maior grau de satisfação entre os usuários. O mesmo fenômeno constatado pela MSI é observado freqüentemente em outros fabricantes. A Asus, por exemplo, inicialmente disponibilizava seu Eee PC equipado com software livre, mas rapidamente percebeu a preferência de seus consumidores pela versão com o software da Microsoft, mesmo com o acréscimo de preço resultante do custo de licença do software proprietário.

Publicidade

Para o diretor de vendas da MSI nos Estados Unidos, Andy Tung, a taxa de devolução de netbooks é maior do que a de notebooks normais, principalmente por causa do sistema operacional Linux. As pessoas gostam de pagar barato, mas “não querem gastar tempo para aprender” o Linux, então devolvem o produto.

Creio que esta alta taxa de rejeição ao software aberto deva ser creditada, principalmente, ao problemas de usabilidade ainda existentes nesta plataforma. Apenas para exemplificar, veja alguns dos problemas que enfrentei ao tentar instalar o Ubuntu no notebook de um amigo:

  • Problemas de resolução de imagem: para resolver, tivemos que mudar a resolução da placa de vídeo através do comando sudo apt-get install 915resolution.
  • Bootloader error 17: após a primeira reinicialização do sistema, recebi a seguinte mensagem de erro: Error 17: Unable to mount partition. A solução foi substituir a linha [g]root (hd0,0) por [g]root (hd0,2).
  • Problemas para fazer a placa wireless funcionar: foi preciso buscar, na internet, os drivers adequados para configurar a conexão sem fio corretamente.

Após concluída a instalação, tudo passou a funcionar perfeitamente e de maneira estável, porém, encontrar tais problemas —  em um novo computador — é absolutamente desestimulante, principalmente àqueles usuários com baixo índice de nerdice e cujo conceito de diversão não inclui passar madrugadas de sábado configurando computadores. 😀

[Via: Gizmodo Brasil.]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Se você estava curioso, saiba o que é o tão falado "Brick"

Próximo Artigo

Mac OS X no iPhone gigante

Posts Relacionados