O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Primeiras impressões do novo iPod touch 2G

Colaboração especial por Glauber Uchoa.

Publicidade

Depois de toda a aventura para comprá-lo, estou bastante satisfeito com o meu novo iPod touch. Ele é realmente tudo o que imaginamos, vendo vídeos e fotos pela internet — bastante fino, leve e elegante. Nunca tive nas mãos um aparelho que apresentasse uma interface tão atraente e inovadora.

Mostrei-o a vários amigos que não são geeks ou aficionados de tecnologia e todos ficaram babando e tentados a comprar o aparelho. A primeira coisa que chama a atenção é o seu design, depois a inédita interface e, no final, todas as funcionalidades ganham corações e mentes de qualquer ser acostumado ou não com computadores.

Publicidade

Em princípio, pensei em comprar um de 16 ou 32GB, mas só consegui encontrar esta versão 8GB na viagem que fiz. Tive um iPod classic de 60GB (que me foi furtado) e pensava que 8GB não daria nem pro começo, já que teria agora a possibilidade de ter, além de músicas, vídeos, fotos e aplicativos. No entanto, fiquei surpreso com os tais 8GB. Já baixei bastante coisa para o iPod e ainda me restam 4GB.

Não dá, logicamente, pra colocar toda a sua coletânea musical — terei que fazer algumas seleções e, periodicamente, atualizar os álbuns que pretendo escutar e os vídeos que quiser ter na memória para assistir em alguma viagem. Creio que ficaria muito satisfeito se tivesse comprado um de 32GB. Quem ainda estiver avaliando a compra de um, recomendo o modelo de 16GB, preferencialmente, é claro, o de 32GB.

Publicidade

Fora esse detalhe da memória (a tendência é que a Apple abandone a produção do touch de 8GB em prol de uma maior capacidade), o resto é sensacional. A navegação na internet é excelente. O Safari abre as páginas bastante rápido. Existe o inconveniente de não se conseguir navegar em todas elas, mas quando (e se) suporte ao Adobe Flash for incorporado, tudo será bem melhor.

Nos meus testes, percebi que os vídeos do YouTube carregam mais rápido no iPod do que no meu computador. A iTunes e App Store são bem funcionais e organizadas. Gosto muito mais, inclusive, de olhar a App Store no iPod que no Itunes. O Google Maps também carrega mais rápido no iPod que no computador.

Assistir a filmes e ver fotos é muito confortável. Achava muito difícil fazer isso no meu iPod classic, por conta da pequena tela. Digitar no teclado virtual também não é nenhum problema; muito pelo contrário, é bastante tranqüilo, caso a pessoa não pense em responder seus emails apenas pelo iPod.

Publicidade

Toda a gama de aplicativos é uma tentação. Baixei a maioria das ofertas gratuitas para fazer testes. Descartei alguns e estou agora fazendo minha seleção dos melhores. Ainda não quis fazer compras de softwares pois ainda não achei nenhum que me seja absolutamente necessário. Sobre jogos, acredito que ainda teremos uma grande evolução. Quando grandes fabricantes entenderem o modelo de negócios da App Store (jogos a pequenos preços, com distribuição simples), aí sim começaremos a ter um aparelho que poderá fazer concorrência a um PSP ou um Game Boy. Por enquanto, o iPod não é concorrente à altura desses consoles.

Escutar música no iPod touch é uma coisa básica perto de tudo que ele faz, mas, mesmo assim, essa função dá conta do recado bastante satisfatoriamente. Não sei como os donos da primeira geração conseguem se virar sem o botão externo de volume, pois o acho fundamental. Ter que tirar o iPod do modo espera, desbloqueá-lo, achar o menu de volume para baixar o som é algo trabalhoso demais.

Para mim, o melhor do iPod é a portabilidade da internet e as coisas fundamentais ligadas a ela, como o Maps, emails e notícias. Ele nos abre a possibilidade de fazer viagens rápidas a trabalho sem precisar levar o computador. Quando a maior parte das cidades estiverem “digitalizadas” (cheias de hotspots wireless abertos e gratuitos), andar com um iPod será muito útil para encontrar endereços, pegar dicas de programações culturais ou simplesmente conferir a atualização de algum blog que você acompanhe.

Os aplicativos de agenda, notas, contatos, a possibilidade de ler livros e documentos, falar com alguém por MSN e atualizar o Twitter são funcionalidades importantes para o cotidiano de qualquer geek trabalhador. Agora, espero poder adquirir fones de ouvido com microfone embutido, para conseguir utilizar o Skype.

Não tenho coragem nem dinheiro suficiente para pagar por um iPhone 3G com pacote de dados que me permitisse ter tudo isso e ainda mais GPS e câmera fotográfica. Tem o aspecto da segurança, também, muito debatido em um artigo sensacional do Halex no MacMagazine, que me fez decidir comprar este novo iPod e não o iPhone.

Posso, mais uma vez, afirmar que estou bastante satisfeito com a minha compra. 😉

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

A aventura para achar um iPod touch na Europa

Próximo Artigo

T-Mobile afirma que pré-venda do G1 superou expectativas; triplica produção

Posts Relacionados