Fernando Meirelles é entrevistado na Apple Store SoHo

O cineasta brasileiro Fernando Meirelles deu uma entrevista ao programa Meet The Filmmaker sobre seu último trabalho, Ensaio sobre a Cegueira, na Apple Store SoHo em New York, New York, no dia 24 de setembro.

Publicidade

Durante cerca de 40 minutos, Meirelles comenta sobre o processo de adaptação e produção de seu filme, de seu relacionamento com a equipe, sua inspiração, sua visão da obra, e também sobre os comentários do público e da crítica, que possui opinião bastante dividida.

Ensaio sobre a Cegueira, baseado no livro homônimo de José Saramago, estreou no Brasil no dia 12 de setembro e trata de uma epidemia de cegueira que se espalha entre os habitantes de um lugar “genérico”. A metáfora da cegueira branca, que nos faz ver tudo e não enxergar nada, traz uma crítica muito dura quanto à forma egoísta com que nos relacionamos com o próximo.

Com cenas chocantes e outros detalhes menores que, com certeza, afetarão da mesma forma as almas mais sensíveis, Blindness pode ser descrito mais como um filme cult do que um filme comercial, e exatamente por mostrar muito do que o público não gosta — ou não quer ver, ou se incomoda vendo –, não obteve o mesmo apelo de seus colegas pipoquinhas. Compreensível para uma obra de impacto, que nos faz repensar vários atos através do choque.

Publicidade

Mesmo com críticas negativas, o vídeo do momento em que as luzes do cinema se acenderam após a primeira exibição do filme a José Saramago — logicamente, o maior crítico da obra — que nem precisou falar muito para dar sua opinião, teve muito mais valor do que os aplausos de uma sessão de cinema lotada ou estrelas de algum crítico.

Para os cinéfilos, há o ótimo blog do próprio cineasta, Diário de Blindness, que acompanha o processo das filmagens e finalização do filme, com comentários bem pessoais do diretor sobre os contratempos e dúvidas que permeiam um projeto desse porte.

Há, ainda, o episódio do Roda Viva com o Meirelles rolando no YouTube, em que dá um panorama do cinema brasileiro e também comenta sobre o Ensaio sobre a Cegueira — fica valendo para quem não tá com o inglês tão afiado. 😉

dica do Douglas Carvalho, obrigada!

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…