O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Compartilhe apenas a parte que você quiser de vídeos do YouTube

Quando você compartilha um vídeo do YouTube no seu site e/ou blog, nem sempre o que você quer transmitir envolve o vídeo todo. Às vezes há apenas uma parte, no meio de um vídeo um pouco longo, que corresponde ao que você está escrevendo.

Publicidade

O que muitos não sabem é que o código do player do YouTube oferece um parâmetro &start=xx para você especificar em que parte o vídeo começará a ser reproduzido. Para isso, basta adicioná-lo no final das duas URLs determinadas no código do player, onde xx é o tempo em segundos quando a reprodução será iniciada.

Aqui está um exemplo:

[code lang=”html”]<object width="425" height="344"><param name="movie" value="http://www.youtube.com/v/_oQp7Jz-p7g&hl=en&fs=1&start=40"></param><param name="allowFullScreen" value="true"></param><embed src="http://www.youtube.com/v/_oQp7Jz-p7g&hl=en&fs=1&start=40" type="application/x-shockwave-flash" allowfullscreen="true" width="425" height="344"></embed></object>[/code]

O código acima refere-se a um vídeo da WWDC 2007, no momento em que Steve Jobs demonstrava o 5º grande recurso introduzido Mac OS X Leopard, o Core Animation. Este vídeo mostra um pequeno resumo sobre o recurso, mas no player abaixo eu especifiquei que o início deve ser aos 40″, onde a demonstração realmente começa. O resultado é este aqui:

Publicidade

Entretanto, isso não pode ser usado para você oferecer apenas um link para um vídeo YouTube que comece na parte que você quer. Ele só é possível usando o URL do código do player, na qual você deverá especificar, ainda, o parâmetro &autoplay=1 para iniciar a reprodução automaticamente.

Publicidade

Nesse caso, o link do vídeo acima estaria formatado da seguinte forma:

http://www.youtube.com/v/pyd8O-2mkgk&hl=pt-br&fs=1&start=40&autoplay=1

Como não existe uma forma para especificar um tempo do vídeo encerrar a reprodução, você pode usar o Splicid, um site que usa a API do YouTube para isolar uma parte do vídeo.

[Via: Google Operating System.]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Lançada a versão final do OpenOffice.org 3.0

Próximo Artigo

1Password ganha nova versão e chega, finalmente, à iPhone App Store

Posts Relacionados