O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

De graça, até injeção na testa! XIV

Lembra que o post da semana passada foi trágico cômico? Lembra também que eu vivo falando sobre compensação cármica? Pois bem, ela existe! O que vai, volta; o que sobe desce, e, se numa semana as músicas estão ruins a ponto de não valerem uns megas da sua conexão, em outras semanas a seleção de músicas gratuitas assemelha-se a um presente. Estamos num dia de vacas gordas, roliças e bem servidas… Bah! Chega de lenga-lenga: vamos às músicas, pois hoje elas valem muito a pena! 😀

Publicidade

Toda semana, encontramos uma faixa de um artista ou banda de que gostamos e a trazemos até você, gratuitamente, como nosso Single of the Week. Este grupo de gLasVegas está junto há apenas dois anos e já transformou em fãs espumantes os críticos locais graças a dois singles — “Daddy’s Gone” e “Go Square Go!” –, canções que incharam com repercussão e melodias adocicadas. O som deles remete à época do início (leia-se: pré-Oasis) da Creation Records, com toques do assalto sonoro de Jesus and Mary’s Chains, mas com vocais muito mais frontais e emotivos. Experimente a faixa “Geraldine” e prepare-se para sua nova banda favorita.

Não se engane: “Geraldine” (link para a iTunes) tem seus defeitos. O maior deles, talvez, seja o fato de trazer um clima de flashback muito denso (o que, para muitos, pode nem ser um defeito). Ao ouvir o som da Glasvegas, você vai jurar como eles saíram dos primórdios da década de 90. Dito isto, confesso que a harmonia entre vocais — devidamente chorosos –, instrumentos — em primeiro plano — e ritmo — indefectível, ainda que um pouco grudento — acabou gerando um produto muito bom, apesar de tudo. E com um site oficial que me deixou com o queixo no chão, fica difícil negar que eles merecem o destaque que receberam. Aviso: os links que você encontrará no site da banda vão parar na iTunes do Reino Unido. IMHO: 3/5 Recomendado!

Nosso Discovery Download põe em foco um gênero diferente toda semana, oferecendo gratuitamente uma faixa que julgamos merecer sua atenção. “Charlie Darwin” é, ao mesmo tempo, a faixa principal e a pedra fundamental do mais novo trabalho da Low Anthem, Oh My God, Charlie Darwin. O grupo cria uma harmonia sublime e aérea, produzindo-a sobre mínimos arranjos de folk. Por todas suas armadilhas arejadas, a canção carrega o peso emotivo de um quase hino.

Cara, meu lado biólogo fala mais alto, numa hora dessas: <dumb> uma música linda sobre Charles Darwin? É demais pra mim, ainda que eu sinta que a letra não é exatamente um elogio… </dumb> A melodia é bela, realmente contando com muito, muito pouco em termos de arranjos. Praticamente uma peça acústica, feita de forma mínima, “Charlie Darwin” (link para a iTunes) me cativou. Entretanto, isso não prejudica sua qualidade: esta é uma canção peso-pesado, digna de nota e, sem dúvida, ainda vai te pôr pra dormir. Sim, esta é uma música bem lenta e relaxante: a única chance de usá-la numa academia é se você estiver puxando pesos beeem devagar. 😛 Se você curtiu, saiba que a banda disponibiliza dois shows completos gratuitamente em seu site oficial, além de oferecer o stream das músicas de seus dois álbuns. Sem falar que o site em si é uma beleza, super depressivo e bonito, ao mesmo tempo. IMHO: 4/5 Esta é uma chance de viajar pelo mar no Mayflower.

Toda semana, encontramos uma faixa de um artista ou banda que está na crista do sucesso e a trazemos até você, gratuitamente, como nossa Canción de la Semana. A famosa vocalista Rosario tem criado sucessos desde a década de 90. As canções destacadas em seu novo álbum, Parte de Mi, celebram a música de sua infância e sua vida até hoje ao abordar sucessos de pessoas como Roberto Carlos, Juan Luis Guerra e uma canção de sua mãe, Lola Flores. Aqui, ela apresenta “Algo Contigo”, de Vincentico, num estilo de jazz-pop, com um toque de flamenco.

Uau. Eu normalmente reclamo quando o estilo dos artistas volta no tempo uns 20 anos, mas esta aqui pareceu voltar uns 40! Tipo: lembra daquelas canções que sua avó sempre canta nas festas e parece estar à beira das lágrimas? Meu, eu adorei ouvir esta verdadeira relíquia! Não só porque a Rosario Flores, como toda boa latina, interpreta que é uma beleza, como também porque esta, sim, é uma canción latina. O estilo apresentado em “Algo Contigo” (link para a iTunes) já era antigo quando cantado pelo tal Vicentico, então imagine agora, recantado em pleno século XXI. Dor de cotovelo pouca é bobagem… E “Roberto Carlos”? w00t! IMHO: 3/5 Uma música com ares de 15 anos é velha; uma com ares de 45 anos é clássica.

Olá. Biografias de bandas de rock são algo interessante. A maior parte das vezes, elas são apenas uma espécie de “lista da feira”, com comparações aproximadas, umas citações de fontes reputadas e uma atualização rápida sobre as atividades correntes da banda. Há uma mudança no ar, porém. (…) Nosso álbum de estréia, intitulado First Rodeo, está saindo no dia 4 de novembro. Nós o gravamos no Ironworks Studio, tendo Jude Cole como produtora. Quatro das canções são tiradas do EP Loose Boots e sete delas, nós viemos trabalhando e tocando desde que montamos a banda. Tivemos um grupo de artistas ridiculamente bom no estúdio e sentimos que todos os diferentes ingredientes combinados forma um molho de rock inesperadamente saboroso. Nunca ficamos tão orgulhosos de algo em que participamos.

A citação acima foi retirada do site oficial e, por uma questão de espaço, está levemente fora de contexto: há uma surpresinha legal, para quem for conferir a biografia da banda in locu.

Eu sou uma pessoa suspeita pra falar, mas… é o Kiefer Sutherland (o Jack Bauer), no clipe?! E a vocalista, lembra ou não lembra a Hillary Swank? Fisicamente, pelo menos. Se você curte Pitty, as chances são de que aprove o clipe desta semana: apesar de não ser tão densa e séria quanto as obras da nossa roqueira tatuada, “Little Toy Gun” (link para a iTunes) é uma música divertida e sonoramente agradável. Com arranjos retrô e um estilo de baladinha, este vídeo não me parece muito original, mas ainda assim diverte. Devo admitir que a dupla Ben Jaffe e Suzanne Santo me conquistou com sua “paradinha” no meio da música e com a arte do álbum First Rodeo. Muito legal. IMHO: 3/5 Meninas super poderosas, peguem suas “arminhas de brinquedo”! 😉

E, chegando ao fim de mais este post, devo dizer que estou bem satisfeito — mas só por uma semana. Vejamos se continuarei feliz assim, na próxima terça-feira… Até lá! 😉

Caso você ainda não seja cadastrado na iTS americana, recomendo a leitura deste post.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

ASUS lança notebook de bambu no Brasil; distribuição começará ainda este ano

Próximo Artigo

Rogue Amoeba lança atualização para o Fission e oferece criação de ringtones para iPhones

Posts Relacionados