O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Google dá um corte nos petiscos e refeições para os funcionários

Será o fim de uma era? Um marco que estará nos livros de História no futuro? Bom, brincadeirinhas à parte, a crise bateu na porta do gigante Google: o escritório de Nova York está promovendo um corte de despesas nas refeições e lanches.

Publicidade

Lembrando que não estamos falando de qualquer refeição e/ou lanche… Estamos falando de café-da-manhã/almoço/jantar, lanchinhos oferecidos nas mini-cozinhas, chá da tarde às terças-feiras e refeições grátis para convidados dos funcionários! A diretoria de NY já avisou, por memorando (aqui, na íntegra), que os cardápios serão simplificados, os horários para refeições serão reduzidos (média de meia hora) e não haverá mais o chá das terças-feiras. Tem mais: só serão permitidos dois visitantes por mês para comer e nada de levar uma quentinha – o jantar é apenas para consumo dos funcionários e não pode mais ser levado para casa.

Pela listinha acima, pode parecer que encerraram uma grande Festa da Uva no Google, mas vamos pensar que essa atitude de refeições grátis, guloseimas variadas para os funcionários etc., fazia parte da estratégia-chave do Google de ser reconhecida como o “Melhor Lugar para se Trabalhar”: cuidados diferenciados com os funcionários, em várias áreas, para estimular a criatividade – e agora eles estão remanejando a estrutura toda, o que chama a atenção.

Publicidade

Para o presidente da empresa no Brasil, Alex Dias, essa atitude não é um indicador de crise: “Eu vejo mais como um ato de solidariedade a outras empresas e a muitos de nossos clientes, que passam por momentos difíceis. […] Não vai ser no chocolate que o Google vai reduzir custos.”

Afinal, o lucro líquido do Google foi de US$1,346 bilhão no terceiro trimestre deste ano, revelando um aumento de 26% em relação ao mesmo período em 2007.

Ora, ora, é verdade: o que é um chocolatinho para quem ganha trilhões? 🙂

[Via: Folha Online.]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Apple Lisa - 25 anos depois

Próximo Artigo

Apple ficou entre as 10 maiores empresas globais em venda de celulares no trimestre

Posts Relacionados