O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Injeção de apps (na sua testa) I

Logo - App Store

Seja você o feliz proprietário de um iPhone ou de um dos iPods mais divertidos já feitos, com certeza a quantidade imensa de aplicativos disponíveis na iPhone App Store já fez você perder muito tempo. Mesmo sem levar em consideração os aplicativos pagos, há uma quantidade imensa de pequenos programas gratuitos que podem se perder em meio à avalanche 0800.

Publicidade

Por conta disso, pretendo oferecer uma mãozinha, avaliando algumas destas utilidades e recomendando-as. Sim, servirei de cobaia e, sempre que possível, apontarei o caminho, para que você possa pular a parte de garimpar na App Store e ir direto desperdiçar aproveitar seu tempo com os melhores apps que o dinheiro não precisa comprar.

Tap Tap Revenge

Dispensa comentários, não? 😉

Como fã de jogos de ritmo que sou, Tap Tap Revenge (link para a iTunes) foi um dos primeiros apps que me dispus a baixar. Sem dúvida, a interface limpa e a jogabilidade sólida contribuem para fazer deste aplicativo uma das peças mais valiosas de toda a loja de programas oficiais para iPhones/iPods touch. Vale lembrar que, como muitos outros aplicativos de sucesso, TTR começou como uma exclusividade para aparelhos jailbroken, sob a alcunha Tap Tap Revolution.

Publicidade

Quem já jogou o super-duper-mega-hit Guitar Hero ou os mais antigos Dance Dance Revolution (chama o jurídico, Konami! 😛 ) e PumpItUp!, certamente se sentirá em casa. Para os que não são familiarizados com o estilo de jogos à la Bemani, explico rapidamente: você tem que tocar na tela e sacudir seu gadget segundo o ritmo de uma música que toca, que tem como referência visual uma seqüência de esferas e setas viajando em direção à tela. Mais simples, só se houvesse uma dançarina na tela te ensinando os passos. 😛

Como toda rosa tem seus espinhos, destaco que três coisas poderiam ser melhoradas na interface de TTR: indicadores de hit conspícuos poderiam ser usados nos comandos de toque, além dos de balanço; bem que poderia haver um contador de combos mais espalhafatoso; sacudir o iPod touch para a esquerda e para a direita é divertido, mas sacudi-lo para a frente e para trás… digamos que eu ainda estou tentando descobrir a melhor maneira de fazer isso. Uma pena, pois isso quebra meus combos e eu realmente gosto da implementação do acelerômetro num jogo de ritmo.

Publicidade

O download original traz poucas músicas (todas ótimas, aviso logo!), mas é possível adquirir novas faixas via Wi-Fi: a seleção de artistas não é uma maravilha, meu Deus, que coisa incrível, mas certamente propiciará a você uma existência infinitamente mais confortável em filas de banco e salas de espera. Ponto para os criadores, que conseguiram combinar todos os elementos num jogo que é obrigatório para quem tem um iPhone. IMHO: 5/5 De graça? Parece piada, mas é verdade.

Graphing Calculator

Em meio a um mar de inutilidades, a iPhone App Store certamente guarda ferramentas úteis e valiosas. Quando elas são gratuitas, então, nem se fala: nesses casos, o sucesso do telefone com uma maçã no verso começa a fazer todo sentido… 🙂

A HP que me perdoe, mas as calculadoras geradoras de gráficos dela ficaram para trás. For good. Ao instalar a GraphCalc (link para a iTunes) em seu aparelho, você terá ao alcance dos dedos, a qualquer momento, uma ferramenta matemática completa, funcional e intuitiva. Sério, este aplicativo é tão simples de usar que até uma criança no Ensino Fundamental poderá descobrir os zeros, os pontos máximos e mínimos e a concavidade de funções quadráticas em instantes (eu não recomendo isso! É o mesmo que “pescar”). Some a isso a possibilidade de usar o pinchunpinch e o swipe para navegar pelos gráficos gerados — sim, você pode inserir mais de uma equação ao mesmo tempo! — e pronto: temos um killer app para os estudantes de Matemática e entusiastas em geral.

Escrever equações usando um teclado pode causar arrepios em muitos, mas a notícia que trago é ótima: o GraphCalc traz um teclado customizado para a inserção de todas as operações mais importantes — eu, pelo menos, não senti falta de nenhuma.

Publicidade

Agora, permitindo-me um pequeno cálculo… Custo de uma calculadora dedicada a gráficos: R$300. Custo do GraphCalc: R$ZERO. (Tudo bem, digamos que ele custa o mesmo que um iPhone…) Levando em consideração o mar de coisas que você ganha de brinde ao adquirir o produto da Apple, seria interessante considerar pelo menos um touch no lugar de uma calculadora de gráficos… IMHO: 4/5 Obrigatório para quem for estudante de Matemática ou Física; quase inútil para o público leigo.

Espero que tenham gostado destas duas primeiras análises! Logo, logo, trarei mais dicas de aplicativos 0800 para você poder encher as nove telas home de seu iPhone/iPod touch. Até lá! 😉

Caso você ainda não seja cadastrado na iTS americana, recomendo a leitura deste post.

[Ilustrado com imagens processadas pelo Silvio Sousa Cabral, obrigado!]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Mandriva Conectiva confunde o português com Lorem Ipsum

Próximo Artigo

De graça, até injeção na testa! EXTRA

Posts Relacionados