O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Internet Explorer com WebKit? Eu acho que não…

Durante uma conferência de desenvolvedores na Austrália, o CEO da Microsoft, Steve Ballmer, foi questionado por um estudante sobre o uso de uma engine de renderização de páginas independente no Internet Explorer. “Por que continuar gastando dinheiro com isso se há opções de código aberto que respondem mais rápido aos padrões da web?”, perguntou.

Publicidade

Ballmer explicou que a Microsoft teria que considerar o futuro do seu browser e determinar se existe alguma falta de inovação para a empresa considerar “opções proprietárias que estendam a sua funcionalidade” — é melhor nem comentar isso, não acham? Contudo, ele declarou achar interessante algumas opções do tipo, entre elas o WebKit, utilizado pela Apple no Safari.

“Teremos um grande número de inovações de terceiros no nosso browser, por isso precisamos de uma engine própria, disse Ballmer. “Mas código aberto é interessante. A Apple adotou o WebKit e poderemos pensar nisso, mas continuaremos construindo extensões para o Internet Explorer 8”, finalizou.

Publicidade

Por um lado, isso poderia ser bom para a Microsoft manter seu navegador mais robusto e ligado nas novidades. Entre o Internet Explorer 6 e o lançamento do Internet Explorer 7, passaram-se mais de cinco anos. No meio desse período, surgiram o Firefox e o Safari, que são atualizados com maior freqüência, em parte graças à comunidade que está por trás do desenvolvimento de ambos.

Embora isso possa trazer benefícios, é algo bastante difícil de acontecer, ainda mais levando em conta o que foi abordado pela Microsoft durante a PDC2008, há alguns dias. Seria muito difícil ela decidir apoiar uma iniciativa de código aberto como essa — ainda mais em conjunto com a Apple –, mesmo que lhe traga benefícios, sem falar que isso interferiria na sua estratégia de fazer tudo compatível com seu próprio navegador.

O Office Web, recentemente introduzido por ela, é o maior exemplo disso. Ele utiliza exatamente as mesmas tecnologias embutidas no Internet Explorer para gerar as interfaces e recursos de cada uma das suas Web apps. Mudar de engine nesse momento iria contra as suas estratégias para a suíte, que foram abordadas na sua conferência de desenvolvedores — mas pelo menos deixaria os usuários de Mac mais animados em usar o Office Web junto com seus aplicativos offline no futuro.

Por fim, acredito que as palavras de Ballmer não garantem nada sobre esse caso. Mas ainda acredito que a possibilidade da Microsoft criar um browser 100% funcional para celulares baseado no WebKit ainda existe e até seria possível, por se tratar de um projeto novo. Mas isso, só o tempo dirá.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

40 ícones em vetor de produtos da Apple

Próximo Artigo

Apple atrasa entrega dos novos In-Ear Headphones prometidos para outubro

Posts Relacionados