O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Injeção de apps (na sua testa) II

Logo - App Store

Nesta edição do Injeção de Apps, gostaria de começar compartilhando uma valiosa dica, que aprendi esta semana da pior maneira. “Nunca pressionarás o botão de sleep com um aplicativo rodando.” Home » Sleep sempre. A não ser que você queria drenar sua bateria e derreter o processador do seu iPhone/iPod touch, é claro…

Publicidade

Bem, experiências n00bianas à parte, hoje eu trago mais duas análises de aplicativos que oscilam entre a diversão pura e simples e a paixão por Matemática. Nada de “utilidades úteis”, hoje it’s all about wasting time! Vamos aos aplicativos? 😀

Cannon Challenge

Feito pelo pessoal da Discovery Communications, parte do Discovery Channel, Cannon Challenge é um daqueles jogos que vai te fazer perder muuuito tempo. Contando com uma premissa super simples — ajuste o ângulo e a velocidade do seu tiro de canhão e acerte os alvos na tela — não há como não se distrair ao jogá-lo.

Neste micro jogo, você controla o canhãozinho deslizando seus dedos pelo lado esquerdo da tela para ajustar o ângulo e pelo lado direito para ajustar a velocidade do disparo. Para atirar, basta tocar no sugestivo botão FIRE! que há na porção inferior central da tela. Simples? Sim. Divertido? Com certeza!

Apesar de entusiasmante, Cannon Challenge (link para a iTunes) tem lá suas limitações: são poucas fases, você não pode ouvir suas música durante o jogo e os efeitos sonoros são um tanto primários — estilo Super NES, se você quer saber. Contudo, os belos cenários e o desafio de acertar todos os alvos com uma quantidade limitada de munição são cativantes: você vai vibrar, quando conseguir um tiro certeiro na primeira tentativa.

Publicidade

Eu sei, eu vibrei. 😉 IMHO: 3/5 Divertido, mas limitado; não obstante, é de graça.

Publicidade

Mandelbrot

Aviso: nerdices extremas adiante; continue por sua conta e risco!

O que, afinal de contas, é o conjunto de Mandelbrot? Que utilidade teria um app cuja única função é permitir que você afunde progressivamente nele? A resposta, meu caro leitor, é simples: o conjunto de Mandelbrot produz padrões fractais infinitos e diversificados, de rara beleza e complexidade ímpar, sendo derivado de uma definição matemática relativamente simples — não que seja fácil de explicar, mas ela ocupa apenas uma linha, pelo menos. E tudo isso ao alcance dos dedos, em um programinha pequeno, ágil e preciso.

Tela principal, com controle de precisão
Tela principal, com controle de precisão, opções e funções principais
O app oferece inúmeros padrões de coloração
O app oferece inúmeros padrões de coloração: experimente vários!

Este aplicativo, desenvolvido por um auto-intitulado “cientista maluco que tenta explicar idéias científicas de forma simples, mas não simplistas” que atende pela alcunha Alpheccar, não deixa por menos e leva você até os limites de processamento dos gadgets da Apple: com um simples double tap, você mergulha progressivamente na complexidade do gráfico, descobrindo formas cada vez mais intrincadas. Graças ao controle de precisão, que “turbina” os cálculos executados por seu gadget, você poderá se surpreender, ao ver que uma zona marcada por um belo gradiente azul revela uma verdadeira floresta de curvas, linhas e espirais.

Caso queira mergulhar em outras funções matemáticas, você pode explorar os conjuntos de Julia contidos no conjunto de Mandelbrot — ou seja, todos — com o pressionar de um botão. Essa funcionalidade é muito boa para chocar professores de Matemática, vai por mim! 😛 Uma expansão futura bem que poderia trazer uma forma de salvar as coordenadas de suas imagens favoritas — eu, por exemplo, adoro o “vale dos cavalos-marinhos” e uma estrutura que eu batizei de “pára-raios” (mostrada ao lado) –, mas não vou exigir demais de algo que já é bom o suficiente.

Apesar da pouca utilidade prática, Mandelbrot (link para a iTunes) permite que você descubra, dentro de uma função matemática relativamente simples, desenhos belíssimos que podem ser salvos na sua biblioteca de fotos com um comando próprio do app — sem necessidade do comando Sleep + Home — e, inclusive, usados como wallpaper ou enviados por email através do álbum de fotos. IMHO: 4/5 Virtualmente inútil, se você não for um estudante/entusiasta de Matemática avançada e abstrata, mas muito, muito interessante!

Por hoje, é isso: prometo sair da linha mortemática nas próximas análises. Não consegui evitar, meu lado super-ultra-power-nerd-zord falou mais alto. Semana que vem, certamente trarei análises mais leigas: até lá! 😀

Caso você ainda não seja cadastrado na iTS americana, recomendo a leitura deste post.

[Ilustrado com imagens processadas pelo Silvio Sousa Cabral, obrigado!]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Inauguração da CTIS de Goiânia adiada para esta segunda-feira, dia 10

Próximo Artigo

Sony BMG poderá oferecer músicas livres de DRM na iTunes Store

Posts Relacionados