Aspirante a concorrente do Adobe Photoshop, Pixelmator chega à versão 1.3

Depois de muita espera, o Pixelmator chegou hoje à versão 1.3 (codinome Tempo), terceira grande atualização de uma poderosa ferramenta de edição de imagens com todos os recursos necessários para criar, editar e aprimorar gráficos estáticos. O software funciona a partir do poder proporcionado pela GPU de placas gráficas — tecnologia esta que só chegou ao Photoshop na sua última versão CS4.

Publicidade

Update gratuito para todos os seus usuários registrados, o Pixelmator 1.3 traz muitas melhorias em performance (principalmente no trabalho com arquivos pesados), ferramentas varinha mágica clique-e-arraste, balde de tinta e borracha mágica, aprimoramentos em tonalidade e saturação de cores, recurso de substituição de cores, gerenciamento e arrumação dinâmica e inteligente de paletas e muito mais.

Aos poucos, o software vai tomando forma de uma solução mais completa e profissional. Este lançamento também traz uma ferramenta de inserção e edição de textos reformulada, bordas em elementos, recurso Action Tooltips, pequenas mudanças na interface (que é muito mais Mac-like do que o Photoshop, diga-se de passagem), maior compatibilidade em geral e diversas correções de bugs.

O Pixelmator custa US$59, mas uma versão de testes por 30 dias está disponível para download.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…