O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple negocia com gravadoras, quer mais músicas sem DRM no iTunes Plus

Maçã presa a um iPod (DRM)

A Apple está negociando com as três grandes gravadoras musicais restantes (além da quarta, a EMI), que continuam recusando-se a vender músicas sem DRM (Digital Rights Management) na iTunes Store, pelo seu programa iTunes Plus. As conversas têm ocorrido já há alguns meses e o primeiro dos acordos já estaria próximo de ser concretizado.

Publicidade

Todas elas — Universal Music Group, Warner Music Group e Sony BMG — já oferecem faixas sem softwares de proteção de direitos autorais em lojas concorrentes, como a Amazon MP3. A idéia é justamente aumentar a concorrência com a iTS; porém, a demora de tais serviços se expandirem internacionalmente e o contínuo crescimento da loja da Apple pode estar fazendo com que elas reavaliem o caso.

Além da EMI oferecer suas músicas sem DRM no iTunes Plus desde que o serviço foi lançado (em maio de 2007), todas elas possuem o dobro de bit rate (qualidade) do resto do acervo musical da loja: AAC de 256Kbps. Elas saem por 30 centavos de dólar a mais do que as tradicionais, em média, por US$1,29/cada.

Vamos torcer para que, um dia, essas grandes gravadoras parem de ameaçar e prejudicar os consumidores que preferem pagar por conteúdos digitais legais. Afinal de contas, será uma boa oferta dos mesmos, um alto de nível de qualidade e a ausência de restrições o que realmente contribuirá para o fim da pirataria, e não o contrário. Xô, FairPlay!

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

iPhone Dev Team avança mais um passo no processo de desbloqueio do iPhone 3G

Próximo Artigo
Steve Ballmer dando língua

Steve Ballmer reafirma: aquisição do Yahoo! está totalmente descartada

Posts Relacionados