Mais um processo bate na porta da Apple: infração de patente no iPhone?

Uma empresa chamada EMG Technology entrou hoje com um processo de infração de patente em cima da Apple, mais especificamente a de número 7.441.196 (solicitada em 13 de março de 2006 e registrada em 21 de outubro de 2008), que relaciona-se com a forma como o iPhone navega na internet. A EMG exige ressarcimentos por danos diversos.

Publicidade

De acordo com os advogados da EMG, o gerente da companhia, Elliot Gottfurcht, é um dos inventores de cinco patentes norte-americanas para a navegação pela internet em dispositivos móveis e o Protocolo de Televisão pela Internet (IPTV).

Um especialista explica que a patente cobre a visualização de conteúdos da internet reformatados de HTML para XML em aparelhos portáteis — um padrão industrial atualmente utilizado no iPhone. Documentos ainda incluem tecnologias para manipulação de regiões da tela, incluindo aproximação de partes específicas (zoom) e rolagem (scrolling).

Apesar de ser direcionada especificamente para o smartphone da Apple e seu Safari Mobile, as acusações da EMG podem atingir diversos outros produtos similares, como o próprio T-Mobile G1 e o navegador do Google Android. Apesar disso, a empresa disse que não tem interesse em processar a HTC ou até mesmo a Research In Motion e seus BlackBerries.

[Dica do Arthur, obrigado!]

Posts relacionados

Comentários