O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Ações da Apple despencam no dia seguinte ao anúncio relacionado à Macworld Expo

Num dia bastante turbulento para a Apple, que recebeu muitas críticas (e diversos esclarecimentos, também) sobre sua decisão de deixar a Macworld Expo, a AAPL caiu 6,57% na NASDAQ, fechando abaixo dos US$90, a US$89,16. A baixa do dia chegou a US$88,02.

Publicidade

Apple There's Something in the Air

De uma maneira geral, a notícia bateu de forma bastante negativa na comunidade macmaníaca mundial, que torcia para que ao menos a edição da Macworld de San Francisco sobrevivesse, ainda que a empresa já desse sinais de que também a deixaria recentemente.

O que mais impactou suas ações, porém, foi provavelmente o fato de que Steve Jobs não discursará no evento, na sua tradicional keynote de abertura. Imediatamente, os rumores de que o CEO da Maçã estaria doente/morrendo ressurgiram em dezenas de sites — de gente preocupada, sim, mas também de gente bastante precipitada. Ainda que todos torçam para o seu bem, uma grande parte dá como certa a novidade como mais um dos passos para sua sucessão no comando da companhia.

Publicidade

Jim Goldman, famoso repórter da CNBC que entrevista Jobs em quase todos os eventos da Apple, garante que se isso tudo tivesse alguma relação com a saúde do seu comandante, ele saberia. E afirma: “o motivo de a Apple estar deixando a Macworld Expo é meramente político”.

Recomendo a leitura deste artigo do Edible Apple, com o qual eu mais me identifiquei. John Gruber, do Daring Fireball, já havia escrito um artigo fenomenal e bastante certeiro sobre o assunto em 2002, também vale a pena ler.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Versão desktop do Joost será descontinuada nesta sexta-feira

Próximo Artigo

Mais três jogos da Konami serão lançados para iPhones e iPods touch

Posts Relacionados