O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Saiba por que a recessão não deverá diminuir as vendas de Macs em função de PCs baratos

Como era de se imaginar — ainda mais em função dos recentes acontecimentos –, alguns analistas e investidores já estão dando sinais de preocupação sobre a situação das vendas de Macs, pensando na possibilidade de elas serem abaladas em função da preferência do mercado por PCs mais baratos na atual crise pela qual passamos.

Publicidade

Família de Macs

Um coisa cabe aqui: a Apple já declarou não estar preocupada com isso. A boa notícia nisso tudo é que ela não é a única: o analista Turley Muller, colunista do Financial Alchemist, declarou em seu último artigo que a maior preocupação da Apple não é a preferência dos consumidores por PCs de menor custo, mas sim a sua abordagem ao atrair novos usuários para a plataforma, bem como convencer veteranos a substituir suas máquinas mais antigas.

Isso é algo com que a Apple também não tem que se preocupar muito: os novos comerciais da campanha “Get a Mac” cumprem bem seu objetivo — ou ao menos tentam, mas ainda se saem melhor que a dupla Gates e Seinfeld, por exemplo — e a introdução de novos produtos nos últimos meses, incluindo o iPhone 3G e os novos iPods, contribuiu para aumentar a popularidade do Mac.

Publicidade

Muller acredita que o grande foco para a manutenção do crescimento do market share seja a forma como a Apple atrai o consumidor para conhecer “o Mac”, ou, em outras palavras, os seus recursos e as suas reais possibilidades. Isso a Apple obteve em vários países graças à criação/ampliação de pontos de venda — não pode ser o caso do Brasil ainda, admito, mas cabe no assunto, de qualquer forma.

De qualquer forma, ou um consumidor quer ter acesso aos benefícios de um Mac para ampliar a sua vida digital, ou deseja continuar com a funcionalidade básica proporcionada por um PC com Windows. Mas é fato que a recessão deverá diminuir, de qualquer forma, a velocidade com que Macs tomam a fatia de mercado dos PCs.

Por fim, Muller diz que o consumidor final a que a Apple direciona seus produtos é menos sensível ao ciclo econômico, apesar de não ser imune a ele. Entretanto, um usuário que não conheça a plataforma Mac e esteja pensando em mudar se sente acanhado a procurar conhecer mais, testar produtos ou mesmo pesquisar preços, caso o seu orçamento esteja debilitado pela crise.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Dica do dia: não esqueça de colocar senha no seu iPhone

Próximo Artigo

MOTOPRIZM, o novo "iPhone-killer" da Motorola

Posts Relacionados