O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

De graça, até injeção na testa! XXIV

Ícone do iTunesQue bom! iTunes Store sem DRM significa trocar de PMP sem peso na consciência, sabendo que você pode comprar um Zune ou um Gigabeat e não ter que se preocupar com a proteção das faixas. Ou não. Digamos que querer músicas e vídeos de graça _e_ livres de proteção contra cópias é um pouquinho demais, não? Bem, nenhuma das músicas de hoje é parte do iTunes Plus, então contentemo-nos com os 128Kbps e só poder ouví-las em computadores autorizados ou iPods. :-/

Publicidade

São duas faixas de hip-hop e duas alternativas. Vamos a elas?

Single of the WeekSlimToda semana, encontramos uma faixa de um artista ou banda de que gostamos e a trazemos até você, gratuitamente, como nosso Single of the Week. Fãs de R&B com ouvido apurado reconhecerão a voz suplicante de falsete do Slim, integrante da 112 (“Only You”, “Peaches & Cream”, “Cupid”). Agora um artista solo com um novo álbum, Love’s Crazy, Slim segue o sucesso de seu primeiro single, “So Fly”, com a faixa de título propulsivo. Slim questiona a sanidade de l’amour com sua voz inconfundível, mais macia que solas de couro em um piso de tacos recém-encerado.

O pessoal da iTS mandou bem na comparação: pura poesia, inspiradíssima. O que foi que eles beberam?… Bem, sempre que vem um artista de hip-hop na seleção de músicas gratuitas, eu tremo. Porém, nada de pânico: “Good Lovin'” (link para a iTunes) merece ser ouvida e, se você curtir o jeitinho de rapper apaixonado do Slim, ela também pode ganhar um lugarzinho no seu coração HD. É possível fazer uma lista das coisas que salvam um hip-hop (boas batidas, vocais bem aproveitados, variedade e camadas), sendo que tudo está presente. Contudo, se você odiar esse estilo sem perdão, passe longe, pois aqui temos é puro gangsta LUV. IMHO: 3/5 Vale o download, nem que seja pra guardar como arma secreta prum xaveco mais fuerte.

Discovery Download

Company of ThievesNosso Discovery Download põe em foco um gênero diferente a cada semana, oferecendo uma faixa gratuita que julgamos merecer sua atenção. Company of Thieves baseia-se na parceria musical de Genevieve Schatz e Marc Walloch. Walloch nos dá os riffs e a influência do blues, enquanto Schatz recita as melodias vocais doces e ascendentes. Esta ode ao grande ferreiro das palavras é um pedaço de drama espirituoso, ameno e doce — como uma parceria entre Neil Young e Fiona Apple.

Na resenha acima, infelizmente esqueceram de mencionar o Mike Ortiz como membro da banda. Sucks to be him! 🙁 Esta faixa é interessante, quase como um daqueles filmes bons/estranhos que, incompreensivelmente, saem de cartaz na segunda semana para que “Xuxa e os [nome de criatura mágica aqui]” estreie. Para um primeiro contato com o trabalho desta banda, “Oscar Wilde” (link para a iTunes) foi uma ótima forma de começar com o pé direito. Num estilo que parece ser a combinação da voz miúda da Björk com a temeridade da Dolores O’Riordan (da The Cranberries), a Genevieve encanta esta faixa fascinante, uma verdadeira amostra do rock alternativo de qualidade — mas com um certo ar de “gravado na minha garagem”, deixo o aviso. Se quiser conferir a cara dos integrantes, recomendo uma visita ao site oficial ou ao perfil no MySpace. Este último, por sinal, além de conter algumas faixas para ouvir, tem álbuns de fotos muito legais. E, caso você faça compras na iTS norte-americana, fica a dica: o álbum completo está custando apenas US$6, com 15 faixas já no iTunes Plus — codificadas a 256Kbps, livres de DRM. Nada mal, hein? IMHO: 3/5 Muito bom, mas falta algo para fazê-los se destacarem da multidão.

Canción de la Semana

A FilialToda semana, encontramos uma faixa de um artista ou banda que está na crista do sucesso e a trazemos até você, gratuitamente, como nossa Canción de la Semana. Se a idéia de uma equipe de hip-hop do Rio de Janeiro não coloca seu sangue pra correr um pouco mais rápido, então dê um ouvida nesta faixa do primeiro álbum norte-americano de A Filial. “Calma Pedro” se inspira bastante na cena musical vibrante do Brasil, indo dos sons das ruas de skatistas loucos por hip-hop até os batidões da favela que duram a noite inteira. Meio maluca e fora de centro, papocando com batidas — A Filial é o som do Brasil, agora.

Opa! Calma: $1,99 é o nome do álbum, não o preço da faixa. Mais uma presença verde-e-amarela na iTS (desta vez literalmente): “Calma Pedro” (link brazuca para a iTunes) nem precisa de tradução pra gente. O som dos caras é bem legal, com letra bem humorada (PQP incluso) e até um pouco nonsense. Apesar de não ter um ritmo tão inspirado quanto as do Curumim — que foi destaque na iTS recentemente, lembra? —, esta faixa é gostosa de ouvir, com uma melodia até leve e bem pensada. Se quiser ver algo bizarro, saque na página oficial dos caras o clima bilíngue que rola. Mas, se quiser ouvir mais faixas deles — igualmente legais, recomendo a “Judy Does Judo” 😛 — vá ao perfil no MySpace ou adquira o álbum completo (14 faixas DRM-free) por US$10. IMHO: 3/5 É raro encontrar um hip-hop que soe tão bem.

Video of the Week

of MontrealProcurando na página oficial, no perfil do MySpace e na Wikipedia, não encontrei nada adequado para apresentar esta banda. 🙁

Eu acredito que não tomei nada psicotrópico antes de apertar o Play para ver este clipe, então vou falar de minhas impressões tendo plena fé de que elas são verdadeiras, e não fruto de uma alucinação. Esse povo of Montreal (assim, primeira minúscula) é doido! Doido e fugido de 1900-o-inferno-da-moda-70. Sem brincadeira, esse clipe é a coisa mais louca, insana, nonsense, estapafúrdia que eu já vi, ouvi ou experimentei, e olha que eu curto a Lykke Li e a Björk!! “Id Engager” (link alucinógeno para a iTunes) é do tipo “ame ou odeie”, então eu vou recomendar que você veja o preview e decida se a animação em stop-motion e desenhos feitos à mão é sua praia. Se você conseguir sobreviver a isso e gostar, saiba que dá pra baixar algumas músicas deles gratuitamente no site da gravadora, a Polyvinyl Records. Dica: a qualidade das faixas é maior nos álbuns mais recentes! Eu descobri isso a duras penas, devo dizer. Pretendo até ir ao otorrino para desinfetar meus ouvidos. IMHO: 2/5 Mas não por causa deste clipe, ele é até engraçadinho; de tão insano, fica bom.

Bem, nada melhor do que começar o ano com notícias quentinhas vindas da Macworld 2009 e ainda poder conferir que, sim, a passagem da iTunes Store para o mundo livre de DRM está começando. Só não vamos festejar antes do tempo porque parece que, nas faixas gratuitas, a proteção digital vai continuar… 🙁

Publicidade

Façamos uma corrente de pensamento positivo e vamos torcer para que, na semana que vem, ganhemos de presente faixas 100% livres para tocar até num MP4 Xing-Ling (o meu primeiro foi um desses). Até lá!

Caso você ainda não seja cadastrado na iTS norte-americana, recomendo a leitura deste post.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

SlingPlayer Mobile e SlingPlayer são apresentados na Macworld

Próximo Artigo

JBL lança novas caixas acústicas

Posts Relacionados