O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

David Pogue, do The New York Times, fala com Phil Schiller após a keynote de terça-feira

Logo após a keynote de abertura da Macworld Expo 2009, na terça-feira, Phil Schiller falou brevemente com David Pogue — colunista de tecnologia do The New York Times — sobre o evento, tentando conseguir informações mais específicas sobre o fato de a sua primeira keynote também ter sido a última da Apple.

Publicidade

Schiller na Macworld 2009

Em parte, ele limitou-se a dizer o que foi divulgado pela companhia no press release de dezembro: feiras como a Macworld Expo simplesmente não estão valendo mais o esforço e o dinheiro como antes, já que as Apple Retail Stores recebem mais visitantes que 100 eventos como o que acabou hoje. Neste ponto, eu apoio uma citação feita pelo Paul Kent, do IDG World Expo, que disse que nem 10% dos produtos que podiam ser encontrados na feira estão disponíveis em uma loja da Maçã.

Além disso, Schiller apontou que a Apple pretende adotar um ciclo anual de eventos para a introdução de produtos, como o final de ano (a partir de novembro), o fim das férias de verão nos Estados Unidos (geralmente agosto), atualização na linha de iPods (entre setembro e outubro), novidades em aplicativos (março) e no iPhone (junho).

Como pode-se observar, janeiro (Macworld Expo) não se encaixa em nenhuma dessas datas, então a Apple não possui mais razões para custear um evento desse porte nessa época, todos os anos. Entretanto, uma coisa é certa: vai ficar ainda mais previsível do que já é atualmente descobrir as novidades da Apple nesses períodos. Sem falar que não vou tolerar a keynote da WWDC 2009 falando só sobre o iPhone novamente… 😛

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

iTouchFactory lança DDD Brasil na iPhone App Store

Próximo Artigo

equinux lança SongGenie, add-on para o iTunes destinado a completar as informações das suas músicas

Posts Relacionados