O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Zune condenado à morte?

Brincadeiras à parte, parece que o player da gigante de Redmond está com os dias contados. Steve Ballmer, CEO da Microsoft, declarou ontem ao Financial Times que, embora não acreditasse em 2007 que o iPhone seria um sucesso, reconhece que hoje é bem claro que o telefone da Apple e o BlackBerry vivem o seu grande momento.

Publicidade

Microsoft Zune family

Em sua apresentação na CES 2009, Ballmer falou que o mercado para PMPs dedicados está em claro declínio, que a Microsoft não vai lançar um Zune Phone e que a marca tem mais chances de sobreviver se continuar como um atributo adicional da plataforma Windows Mobile do que se persistir como uma linha de hardware em separado.

O sistema operacional está presente em mais de 20 milhões de aparelhos que foram vendidos nos últimos 12 meses — números que indicam vendas superiores a 1 milhão por mês. O HTC Touch Diamond talvez seja o dispositivo mais vendido dentre eles, totalizando sozinho mais de 3 milhões de unidades só na segunda metade de 2008.

Publicidade

Acredito que esses sejam sinais mais que evidentes para basear a decisão de Ballmer em descontinuar a produção do Zune e focar no que a Microsoft sabe fazer bem: software.

[Via: Electronista.]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

equinux lança SongGenie, add-on para o iTunes destinado a completar as informações das suas músicas

Próximo Artigo

Windows 7 não está mais disponível para download: que feio, Microsoft! [atualizado]

Posts Relacionados