Amazon.com lança serviço de download de jogos, por enquanto incompatível com Macs

Com o lançamento do seu novo serviço voltado para o download de jogos, a Amazon.com pode estar escrevendo um novo capítulo na história. O Game Room trará mais de 600 títulos com preços entre US$7 a US$10. Soou familiar?! Vamos às novidades, depois eu compartilho com vocês a minha análise a respeito.

Publicidade

4-amazon-gameroom

Lançada ainda como beta, a iniciativa oferece jogos populares e casuais que são facilmente encontrados em outros portais e lojas de varejo, como um teste antes que a empresa comece a oferecer em seu catálogo grandes títulos — um movimento futuro provável.

Num artigo recente, compartilhei a necessidade evidente da Amazon.com em completar o processo de mudança para um modelo de negócio completamente digital. A empresa, que foi a primeira a demonstrar que o e-commerce é uma solução não apenas viável, mas principalmente rentável para o mundo dos negócios, reescreveu a forma como a venda no varejo é feita. Se hoje é fácil lembrar de nomes como Americanas.com, Submarino, Fnac ou Saraiva, isso se deve aos feitos de Jeff Bezos no comando da Amazon.com.

Publicidade

Esse modelo inicial deve ter sido a mais provável inspiração para a Apple ao desenvolver um ecossistema completamente digital para o iPod e o iPhone, e, agora que foi testado e aplicado em diversos outros negócios, retorna à sua fonte original para se adequar pouco a pouco a todos os produtos que puderem ser digitalizados e vendidos por eles.

Embora a venda de jogos via download já seja explorada por diversos rivais — diretos, como o Yahoo! Games, e futuros, como o Steam, da Valve —, em se tratando da Amazon.com, o elemento que faz toda a diferença é a escala. Foi através dela que a Apple mostrou que, mesmo tirando a mídia e os custos de sua distribuição da equação, era possível vender títulos a um preço acessível ao consumidor sem causar prejuízo ao produtor ou ao artista.

Publicidade

No momento, os jogos estão disponíveis apenas para a plataforma Windows e podem ser testados por 30 minutos antes de serem baixados e ativados através de códigos fornecidos pela loja. No entanto, a empresa já declarou que está trabalhando num catalogo de jogos e num downloader compatível com o Mac OS X. Para atrair os consumidores, durante a primeira semana de funcionamento serão distribuídos gratuitamente três títulos: Build-a-lot, Jewell Quest II e The Scruffs.

Se você chegou até aqui e ainda está se perguntando por que Bezos optou por jogos simples ou casuais, lembre que jogos como Scrabble, Bejeweled e a velha e boa Paciência consomem no final das contas muito mais tempo e têm um apelo popular muito maior que jogos mais complexos. Lembre do mote: “Escala, escala, escala!”, parafraseando o tio Ballmer.

E você, que joguinho tem instalado na sua máquina?

Posts relacionados

Comentários