O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Sistema de distribuição de aplicativos na App Store pode estar dificultando negociações entre a Apple e a China Mobile

Pelo jeito, o sistema de distribuição de aplicativos proposto pela Apple para a App Store está atrapalhando as recentes negociações entre ela e a China Mobile, a fim de levar iPhone 3G para a terra do rolinho primavera. O Interfax China publicou recentemente um artigo sobre o assunto, em que Wang Jianzhou, presidente da operadora chinesa, foi entrevistado enquanto visitava as instalações de um dos seus centros de pesquisa.

Publicidade

iPhone na China

Em resumo, três rodadas de negociações foram feitas entre a Apple e a telecom durante os últimos 18 meses: a China Mobile quer mais controle sobre os serviços direcionados ao iPhone do que a Apple está disposta a oferecer, sendo que o assunto das discussões mais recentes está relacionado ao sistema de distribuição proposto originalmente por ela para a App Store.

Aparentemente, a China Mobile tinha intenções de administrar a distribuição local de aplicativos para iPhones — incluindo o sistema de pagamentos e divisão de lucros –, algo que nenhuma outra operadora ao redor do mundo deve ter levantado em negociações para o lançamento do aparelho. Apesar de essa ideia ter sido apresentada como benéfica para ambas as partes, a Apple obviamente não concordou com ela.

Publicidade

As outras duas rodadas de negociações feitas anteriormente basicamente abordaram dois aspectos: o preço do aparelho e a parte da receita gerada pelos usuários que a Apple levaria com ele sendo vendido na China. No primeiro caso, cada iPhone custaria US$600 para a telecom — nessa época, ainda não tinha sido lançado o modelo 3G — e ele seria subsidiado para os usuários com base nos planos de serviço assinados. No segundo, a Apple exigiu cerca de 30% dos lucros obtidos com serviços para usuários, porém a operadora não aceitou nenhuma das duas ideias.

Analistas previam a disponibilidade do iPhone 3G na China para “breve”, porém o artigo feito pelo Interfax China considerou o recente fracasso nas negociações entre a Apple e a China Mobile como “terceiro e último”. Ainda assim, há chances de que ambas as partes ainda estejam conversando sobre detalhes do lançamento.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Navegando em tela cheia com Plainview

Próximo Artigo

iCam transmite vídeos de até quatro webcams para iPhones e iPods touch

Posts Relacionados